27/11/2015 às 09h09min - Atualizada em 27/11/2015 às 09h09min

Comunicação entre dois mundos

O SENTIDO DA VIDA- Por J. Lario Zimmer.

 

COMUNICAÇÃO ENTRE DOIS MUNDOS (final).

 

Concluímos nesta edição a transcrição da entrevista feita em 2011. Posteriormente recebemos diversas mensagens que serão publicadas oportunamente em nosso Portal – www.evoluindo.com.br que está em fase de organização. Continuamos com a pergunta relativa ao Padre Balduíno Schneider que foi o primeiro vigário de São José Cedro.

P- Mas o grande drama do Padre Schneider era o PECADO ORIGINAL porque ele não tinha conhecimento da reencarnação e nem eu. Hoje através da reencarnação se tem uma ideia do que seja o Pecado Original. Então hoje ele deve estar convicto do que seja essa desgraça do pecado original que era seu calcanhar de Aquiles.

R- Ele diz o seguinte repassarei para os irmãos quando ele tiver a oportunidade de estar na minha situação ele irá comentar com todos. (Quando tiver condições de comunicação por psicofonia)

P- Não sei se cabe comentar isso, mas já que ele está aí. O senhor uma vez disse que pediria para ele colher informações sobre o estado dos pais, irmãos etc. Se já conseguiu encontrá-los.

R- Eles estão quase recuperados. Não tem dor. O vosso irmão não sente dor e está em processo para sair e começar a desenvolver a consciência.

- E o pai e a mãe?

-Já estão fora do hospital.

P-Também dentro desse esquema se encontram os pais da Odete e da Darci?

R-Assim. A mãe está a mais tempo fora que o pai, mesmo o pai tendo desencarnado a mais tempo. Porque não se convenceu e não se desligou da família enquanto a mãe estava encarnada. Mas ele está muito bem e quando ambos tiverem a condição deixarão uma mensagem será entre meados do quarto trimestre do próximo ano.

P. Então o senhor está conseguindo ajudar muita gente.

R. Não sou santo como muitos denominaram ao lado do meu sepulcro. Faço apenas a caridade quando permitido para mim.

Meus irmãos e minhas irmãs!

O que quero deixar esta noite para todos e para todas. Que sigam o caminho da humildade. Transmitindo a caridade com o amor maior. E a todos os peões e prendas desse pago amado por mim, nos campos da eternidade sigam nos caminhos da existência a convicção de que todos serão no dia de amanhã um Ser que aqui estará. Por isso trilham nos campos da vida a paz e o amor. E que o patrão celestial possa agraciar-vos com o equilíbrio e a paz do coração e que todos possam sentir o amor campeiro que une e reúne a cada um quando aqui estão no seu dia a dia. E que levem um quebra costela a todos desse pago amado. E que na gineteada da vida deixem o grito de amor irradiar os corações de todos os Gaudérios e de todas as Prendas. Com isso me despeço deixando a todos um singelo e forte quebra costela. Meu boa noite.

 

Pela linguagem usada em sua despedida depreendemos que ela ainda gostava da linguagem gauchesca ligada ao tradicionalismo do qual, segundo soubemos ele sempre foi ligado.

Ele foi muito autêntico, como era em vida, em suas respostas e esclarecimentos. A sua contribuição do outro lado da vida continua sendo muito profícua. Poucas pessoas têm consciência disso porque ainda duvidam da veracidade das comunicações entre dois mundos. Mas posso assegurar com toda a convicção que conseguimos criar esse meio de comunicação inédito para nossa cultura religiosa. Acreditando ou não ela é um fato disso hoje temos absoluta certeza. Esperamos que todos ou alguns tenham tirado proveito de suas mensagens.

Link
Relacionadas »
Comentários »