22/01/2016 às 16h19min - Atualizada em 22/01/2016 às 16h19min

Polícia Civil prende falsa advogada pelo crime de falsificação de documento particular

Ela se passava pela advogada da cantora Ivete Sangalo e cobrava honorários de seus clientes

Imagem Ilustrativa

A Polícia Civil, por meio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), prendeu em flagrante, na tarde de quinta-feira, 21, no centro de Florianópolis, uma falsa advogada pelo crime de falsificação de documento particular. Ela tinha acabado de falsificar uma procuração pra exercer a advocacia e possuía uma tabela impressa com honorários da OAB.

A conduzida, uma mulher de 45 anos, passava-se por advogada da cantora Ivete Sangalo, com escritório em Nova Iorque, na Quinta Avenida, mas se apresentava com outro nome. A suspeita estava dando o golpe em mais uma vítima, de quem já havia cobrado R$ 7 mil pelos serviços – quantia que já havia sido recebida pela conduzida.

“O estelionato já havia se consumado, mas ela fez uma nova procuração falsa, razão pela qual foi presa em flagrante. E também será indiciada por estelionato”, explicou o Delegado Raphael Werling, da Divisão de Defraudações (DD) da DEIC, equipe responsável pelo caso.

Segundo o delegado, a suspeita já foi indiciada em dois inquéritos policiais da DEIC, em 2013 e 2014, por crimes de estelionato que causaram graves prejuízos patrimoniais. Após a autuação em flagrante, Werling representou pela prisão preventiva da investigada.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »