16/02/2016 às 16h00min - Atualizada em 16/02/2016 às 16h00min

Conheça as causas e os sintomas de uma lesão meniscal

As roturas meniscais costumam ser comuns entre os atletas, no entanto, todas as pessoas podem sofrer com o problema ao realizarem movimentos de agachamento, ao girar o joelho, entre outros.

Médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann

Com diagnóstico preciso, tratamento e reabilitação de forma adequada, os pacientes que sofrem com lesão meniscal no joelho retornam às atividades normais, sem complicações. As roturas meniscais costumam ser comuns entre os atletas, no entanto, todas as pessoas podem sofrer com o problema ao realizarem movimentos de agachamento, ao girar o joelho, entre outros.

O médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann explica que os meniscos são cartilagens com a forma de meia-lua, situados entre o fêmur e a tíbia. Os joelhos são constituídos, cada um, por dois meniscos, um interno (ou médio) e outro externo (ou lateral). Eles agem como "amortecedores" entre o fêmur e a tíbia e são resistentes e elásticos para ajudar a amortecer a articulação e mantê-la estável.

A presença dessas cartilagens específicas, segundo o médico, é fundamental para o funcionamento adequado do joelho, pois elas permitem melhor encaixe e evitam o atrito direto das extremidades ósseas, o que proporciona melhor estabilidade à articulação e auxilia no suporte da carga do peso corporal quando a pessoa caminha. 

De acordo com Reichmann, as lesões meniscais podem ocorrer por traumas indiretos, principalmente os rotacionais ou aparecer espontaneamente em função da degeneração do menisco. “Os sintomas são variados e dependem da localização e da gravidade da lesão. Quando um menisco está rompido, causa dor, inchaços e sintomas mecânicos como dificuldade de movimento ou bloqueio da articulação”.

Uma lesão nos meniscos pode ser diagnosticada com base na história que o paciente relata e no exame físico do joelho. Também podem ser requisitados alguns exames como a RM (Ressonância Magnética) que demonstra com maiores detalhes o interior do joelho. O tratamento depende do tipo, tamanho e localização da lesão meniscal. Em alguns casos, pode ser recomendada uma inspeção artroscópica da articulação -  procedimento cirúrgico minimamente invasivo.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »