20/02/2016 às 10h11min - Atualizada em 20/02/2016 às 10h11min

Grupo de Cavalgada de Anchieta

Sem diretoria, sem patrão, sequer estatuto o Grupo de Cavalgada se mantêm unido há mais de 20 anos

Anchieta

Sábado passado, dia 13, o Grupo de Cavalgada Sementes do Sul, mais conhecido como Grupo de Cavalgada de Anchieta voltou a se reunir. Juntos, 32 cavalarianos trotearam de frente da prefeitura, até a propriedade rural do empresário e pecuarista Breno Lago. A razão desta cavalgada era comemorar o aniversário de 54 anos do anfitrião e um dos fundadores do grupo, Breno Lago e também do amigo e fundador Imério Somavilla, que completou 53 anos.

O grupo, fundado a mais de 20 anos, não tem estatuto, não tem presidente, patrão ou sequer uma diretoria formal ou caixa. O que existe é uma amizade ímpar e respeito mútuo. Todos se respeitam e são respeitados, são daqueles que fazem negócio no fio do bigode, onde a palavra tem mais valor do que muito papel.

Este grupo se reúne todas as segundas-feiras, para trotear de frente da antiga BL Fibras, ao lado da Prefeitura Municipal de Anchieta, até o CTG Alto da Querência. “Umas sete ou oito vezes por ano fizemos uma cavalgada maior, como esta de hoje, para brindar e comer um bom churrasco ao lado dos amigos” conta o criador de cavalos Vilson Rossato explicando que o grupo surgiu naturalmente pela necessidade de bater um papo com o amigo. “Começamos a trazer a gurizada, filhos e filhas e hoje já tem avô trazendo neto. Minhas filhas cresceram andando de cavalo comigo” conta orgulhoso.

Lourenço Somavilla também é um dos cavalarianos que participa do grupo há mais de 20 anos. “Como muitos eu vim do Rio Grande do Sul e gosto do tradicionalismo. Não precisamos de patrão, aqui todo mundo se respeita e é respeitado” explica o senhor de 77 anos.

No discurso de aniversário Breno agradeceu primeiro a Deus, depois agradeceu pela amizade de cada um e lembrou que passadas mais de duas décadas o grupo sempre manteve a harmonia, alegria e respeito: “Agradeço, de coração por vocês serem meus parceiros. Muito obrigado e que Deus nos ilumine para continuarmos cavalgado por muito tempo”.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »