11/03/2016 às 10h41min - Atualizada em 11/03/2016 às 10h41min

Secretaria de Saúde continua no combate ao Aedes Aegypti

Anchieta é um dos 28 municípios do Estado considerado infestado pelo mosquito

Divulgação

O município de Anchieta é um dos 28 municípios do Estado de Santa Catarina que foi considerado infestado pelo mosquito Aedes Aegypti em 2015. Devido a este dado a Secretaria de Saúde criou neste ano, desde janeiro, a sala de situação, onde dados sobre o combate ao mosquito são enviados diariamente a sala de situação da Secretaria de Saúde do Estado.

“Os trabalhos são contínuos assim como as ações. Na sexta-feira (4) participei de uma reunião com o secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinubing, onde o tema foi debatido”, comentou a secretária de Saúde do município, Magli Roscete.

Até o dia 3 de março Anchieta contava com 40 focos positivos para o Aedes Aegypti, sendo que até o momento não houve nenhum caso das doenças da dengue, chikungunya ou zika, transmitidas pelo mosquito.

No dia 23 a Secretaria com o apoio das agentes de saúde, bombeiros comunitários e militares, alunos e policiais do programa Protetor Ambiental, e demais membros da comunidade, fizeram um mutirão de recolha de lixo. “Cada um tem que fazer a sua parte e eliminar locais onde possa ficar água parada”, detalhe Magli. Nesta semana iniciou nas escolas um trabalho de prevenção, onde as profissionais da Saúde farão palestras e entrega de panfletos explicativos.

A secretária, Magli, informa ainda que muitos munícipes questionam a Secretaria de Saúde através das agentes de epidemiologia e de saúde sobre a situação dos carros apreendidos pela Polícia que estão parados na avenida Brasil. “Informamos que medidas já estão sendo tomadas, pedimos auxilio do Ministério Público, que irá nos ajudar a solucionar este problema, e também deixamos claro que rotineiramente as agentes passam pelo local fazendo a vistoria e limpeza para que os carros não sejam focos do mosquito”, esclarece Magli. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »