17/08/2016 às 09h11min - Atualizada em 17/08/2016 às 09h11min

“Doce Amargo” é apresentado aos palmassolenses

O filme de 15 minutos trata da história da erva mate e chimarrão na região

Através de uma parceria com o Departamento de Cultura e Educação de Palma Sola com a Companhia de Teatro Arco Íris e o Ponto de Cultura Arte sem Fronteira foi apresentado na semana passada, no Centro de Eventos Jacob Zandoná, o filme curta-metragem “Doce Amargo” para cerca de 600 alunos do município.  

O projeto do filme foi idealizado pelo policial e incentivador da cultura, Vanderlei da Silva, que após concorrer no “Revelando os Brasis”, do Ministério da Cultura em 2011, teve seu roteiro, assim como outros 44 do país, aprovado para ser gravado.

O filme apresentado aos alunos tem 15 minutos e trata historicamente da erva mate e a importância do chimarrão para a região. Ele foi gravado em Dionísio Cerqueira, Barracão e Bom Jesus do Sul e pela primeira vez foi exibido em Palma Sola. “Através do projeto ganhamos o treinamento e uma equipe técnica veio nos ajudar a gravar o filme que não tem fins lucrativos”, explica Vanderlei lembrando que o curta já foi apresentado por diversas vezes no canal de TV Futura. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »