15/09/2016 às 11h36min - Atualizada em 15/09/2016 às 11h36min

Sicredi Fronteiras desenvolve projeto sustentável

Divulgação

Sustentabilidade é um tema que vem sendo muito discutido atualmente, pois define ações e atividades que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações, ou seja, está ligado ao desenvolvimento econômico e material sem agressão ao meio ambiente, usando os recursos naturais de forma inteligente para que eles possam se manter no futuro.

A Cooperativa Sicredi Fronteiras PR/SC/SP é uma grande defensora da preservação do meio ambiente. Prova disso é o projeto “Arte que transforma”, iniciado recentemente.

Buscando dar a destinação correta a materiais utilizados em campanhas promocionais, como faixas e banners, a cooperativa, em parceria com a Associação dos Artesãos de Capanema, iniciou a confecção de aventais e sacolas retornáveis. Com o material em mãos, os artesãos confeccionaram produtos resistentes e duráveis. Algumas entregas já foram efetuadas para associados em algumas Unidades de Atendimento da Cooperativa Sicredi, para utilização em festas de comunidade e eventos dos municípios. “O retorno dessa ação foi espetacular, pois nas festas os assadores de carne utilizaram os aventais, garantindo a higiene na hora do preparo e também proteção contra o calor, demonstrando bastante satisfação com o produto”, disse o presidente da Sicredi Fronteiras, José César Wunsch.

Assim, além de evitar que o material vá para o lixo comum, a Sicredi Fronteiras garantiu, inicialmente, uma fonte de renda para duas famílias, que demonstraram interesse no projeto, e contribui com as comunidades onde está inserida, com a doação dos produtos.

“Analisando as demandas provenientes de nossos associados, ficou perceptível, que poderíamos solucionar o problema da destinação correta dos referidos materiais, ao mesmo tempo em que reduziríamos as despesas da cooperativa na aquisição dos referidos brindes, trabalhando na prática o conceito de sustentabilidade. Quem também ganha é o associado, que orgulha-se em fazer parte de uma cooperativa sustentável e que pensa no futuro”, concluiu José César.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »