02/12/2016 às 08h54min - Atualizada em 02/12/2016 às 08h54min

Abelhas sem ferrão em Anchieta

Criação de abelhas nativas é tida como um passatempo

Meliponicultura é a criação de abelhas nativas, sem ferrão. Em Anchieta, a maioria dos meliponicultores mantém a atividade como um hobby, um passatempo para reunir a família e extrair um pouco de mel para o próprio consumo. Para discutir a importância ecológica das abelhas nativas e qualificar a atividade, tendo em vista a ampliação com fins comercias, a Epagri recentemente realizou uma oficina no município. Compareceram 26 criadores de abelhas nativas.

Durante o encontro foram discutidos diversos temas, entre eles: importância das abelhas nativas; descrição das espécies; tipos de caixas e manejo; limpeza e processamento de cera. Também foi realizada uma visita na propriedade de Vilson Colombo, na linha Prateleira.

Na ocasião os meliponicultores também conheceram a preparação de iscas para Jataí (abelha sem ferrão); transferência de Jataí para caixa padrão; multiplicação de enxames; alimentação de enxames e preparação de própolis.

A oficina teve como instrutor o extensionista rural da Epagri em Princesa, Leandro Nestor Hübner. O evento foi organizado pelos engenheiros agrônomos da Epagri de Anchieta, Ivan José Canci e Jacir Strapazzon, e pela auxiliar Tânia Maria Moscon.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »