10/08/2017 às 16h49min - Atualizada em 10/08/2017 às 16h49min

Festa do colono e Motorista de Palma Sola teve lucro aproximado de R$ 85 mil

A manhã do último domingo, dia 6, começou festiva em Palma Sola com a realização da alvorada às 6h ao som do sino da igreja e de foguetes. O motivo era iniciar bem o dia da tradicional Festa do Colono e Motorista da igreja matriz do município, realizada anualmente com o objetivo de homenagear os colonos e motoristas e também angariar fundos para a entidade.

Após a missa, Cerca de 800 veículos participaram da carreata, entre carros, motos, caminhões e outros, recebendo a benção dos veículos, e então as pessoas se encaminharam para o pavilhão da igreja, onde foi servido o almoço ao meio dia. Conforme a organização da festa, entre 800 e 1 mil pessoas almoçaram no local.  “O Conselho dos Festeiros da paróquia agradece a todos os colaboradores, a todas as pessoas que fizeram doações e contribuíram para a realização da festa. Foram pessoas que trabalharam voluntariamente para fazer os bolos e pudins, as saladas, preparar a distribuição dos alimentos, assar a carne, enfim, obrigada a todos que trabalharam na festa e que participaram nos ajudando a fazer mais esse grandioso evento”.

Logo depois do almoço iniciou o bingo e depois foi feita o sorteio da rifa. O primeiro prêmio de R$ 5 mil foi para Ademir Link, o segundo prêmio de R$ 4 mil foi para Theo Bianquetto, o terceiro prêmio, R$ 3 mil foi para Géssica Werlang, o quarto prêmio de R$ 1mil foi para Raimundo Galena, do 5º ao 10º ganhadores receberam R$ 500 cada um sendo eles: Anthony Franz Deparis; Elcito Cerino; Eduardo Nodari; comunidade de São Pedro; Tiago Paulo Vergutz e Wagner Bartolomedi. Depois do sorteio, foi realizado o leilão dos bolos do Grêmio, do Inter, do Colono e do Motorista. E por volta das 14h iniciou o matiné que se estendeu até o fim da tarde.

Conforme o tesoureiro da festa, Sandro Dalle Laste, a festa teve um lucro aproximado de R$ 85 mil. “Mas é importante lembrar que o dinheiro arrecadado é utilizado para manter a paróquia e suas despesas durante 12 meses, além disso são realizadas melhorias na igreja e no salão paroquial, no entanto grande parte do dinheiro é para a evangelização das pessoas”, afirma lembrando que a festa do Colono e Motorista é o maior evento realizado pela Igreja Católica no município e acontece graças a participação das pessoas que ajudam com patrocínio, coleta e arrecadação com a população. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »