25/01/2018 às 14h00min - Atualizada em 25/01/2018 às 14h00min

Alagamento atinge casas e comércios de São José do Cedro

A chuva forte, acompanhada pelo vento, registrada por volta das 17h de quarta-feira, dia 24, causou prejuízos e transtornos no centro e bairros de São José do Cedro. As ocorrências também mobilizaram bombeiros, Defesa Civil e servidores públicos.

Foram registrados inúmeros pontos de alagamentos, entre eles, na Avenida Salgado Filho, em frente ao Supermercado Marcon, onde o Lajeado Cedro, rio que corta a cidade, transbordou, invadiu uma casa, da Família Toigo, e alguns estabelecimentos comerciais. Vários funcionários das empresas e voluntários ajudaram na desobstrução do bueiros.

Na Rua Fiorelo Anzolin e Loteamento Jakoski, nas proximidades da escola São José, os moradores tiveram que limpar os quintais, garagens e áreas de algumas casas, também atingidas pela água.

Outro ponto com problemas foi nas proximidade da Gruta São Cristóvão, onde uma família ficou praticamente ilhada, já que todo o quintal ficou alagado, além do porão que foi invadido pelas águas do rio que passa logo atrás. A família contou para reportagem do Portal Peperi que reside no local há pouco tempo e a moradia é alugada.

Outras casa na rua Jorge Lacerda, próxima ao Colégio Cedrense. teve problemas devido ao desmoronamento de um muro devido a água e terra que descem da rua de cima. Vários moveis e eletrodomésticos, além dos alimentos que estavam armazenados foram atingidos. Os bombeiros também estiveram no local.

O bairro Promorar teve o maior transtorno na Associação Atlética do Banco do Brasil onde a chuva invadiu e inundou um campo. Na saída para São Vendelino, um açude transbordou. Há ainda várias ocorrências em andamento no interior. O Semae monitora a estação de captação para evitar que a água atinja os equipamentos e comprometa o abastecimento.

 

Ainda não há estimativas do número de atingidos e valores dos prejuízos que serão contabilizados após os atendimentos.

Fonte: Rede Peperi


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »