15/02/2018 às 17h07min - Atualizada em 15/02/2018 às 17h07min

Turismo e Cultura em Palma Sola

Informativo da Prefeitura Municipal de Palma Sola

O presidente da Fundação Cultural de Palma Sola, Mateus Dal Ponte, destaca que os trabalhos intensos do setor não pararam desde a organização da programação de fim de ano e aniversário do município. Conforme ele, assim que foram findadas as comemorações, iniciou o planejamento para os eventos e as novidades que serão apresentadas em 2018.

Mateus detalha que neste ano a Fundação Cultural irá trabalhar em conjunto com a Secretaria de Assistência Social para atender as crianças que participam de programas sociais, como o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. “Assim que iniciou 2018 começamos a fazer as licitações para contratar os professores que ministrarão as oficinas para as crianças do município. Neste ano teremos oficinas de teatro, capoeira, viola e violão, coral, CTG, permacultura (que envolve sustentabilidade) e Kung Fuh”, explica.

As oficinas devem começar as atividades em março, sendo que as inscrições serão realizadas diretamente com os professores que vão ministrar as aulas. Os horários são: segunda-feira teatro de manhã e a tarde, e coral de tardezinha; quarta-feira capoeira nos três períodos, para que os adultos possam participar à noite; domingo ensaio de CTG, e viola e violão tem todos os dias da semana. “Lembramos que a sede da Fundação agora é no Centro de Eventos, então quem tiver dúvidas ou quiser se informar sobre as oficinas pode ir até lá e falar comigo, lembrando que as aulas das oficinas são todas realizadas no Centro de Eventos, todas gratuitas”, detalha Mateus.

O presidente da Fundação destaca que serão investidos neste ano cerca de R$ 130 mil em oficinas, se somadas as da Fundação e as do setor social. “Então é um dinheiro investido nas crianças e adolescentes. É um recurso que estamos aplicando nas pessoas, no crescimento humano de cada um. Por que uma criança que participa de oficinas como essas, trabalha o convívio em grupo, desenvolve o respeito, a disciplina, enfim todas as questões de relacionamento humano. Por isso acredito que estamos oferecendo um espaço de crescimento e desenvolvimento das vivências, na criatividade e espontaneidade”, afirma.

Avaliação

Mateus avalia o ano de 2017 como um período de adaptação com evoluções e inovações realizadas nas atrações que já eram tradicionais no município. “O primeiro ano foi de organização, e mesmo assim fizemos muita coisa. Então acreditamos que neste ano com os projetos mais encaminhados, vamos conseguir desenvolver ainda mais ações voltadas para o turismo e cultura do nosso município”, afirma.

Turismo

O município cadastrou seis projetos no sistema do Governo Federal em busca de recursos para investimentos. “No ano passado não conseguimos recurso nenhum, então neste ano cadastramos esses projetos em busca de recurso para melhorarmos nossa estrutura e oferecer um espaço melhor para o desenvolvimento de ações no turismo e também na cultura de Palma Sola”, afirma.

Além dos projetos que estão em fase de análise, o município recebeu um retorno do projeto encaminhado para a aquisição de 30 placas que deverão conter mapas e explicar o caminho para os pontos turísticos de Palma Sola. “As placas serão colocadas no interior e na cidade para sinalizar grutas, rios, cachoeiras igrejas antigas entre outros pontos para que as pessoas que vem de fora possam se localizar e conhecer esses lugares. Com a resposta que tivemos precisamos fazer algumas adequações no projeto, mas é possível que saia do papel e que o recurso venha logo”, afirma.

Eventos

O Primeiro evento do ano é a implantação do mês do teatro, que será em março. “Conseguimos uma parceria com a Fundação Cultural Catarinense, que trará duas peças de teatro para Palma Sola. Um no dia 3 de março e outra no dia 16, ambas no Centro de Eventos. Uma peça chama-se Insones, do grupo Paraverso; e a outra é uma peça com contos para o público infantil. Então convidamos a todos para que participem e assistam as peças”, finaliza Mateus.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »