28/02/2018 às 16h51min - Atualizada em 28/02/2018 às 16h51min

Conselho de Ética instaura processo contra o deputado João Rodrigues

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados instaurou, nesta semana, processo de quebra de decoro parlamentar contra o deputado federal catarinense, João Rodrigues, do PSD, preso desde o último dia 08 deste mês pelos crimes de fraude e dispensa irregular de licitação quando era prefeito de Pinhalzinho, em fins da década de 90.

O pedido para que Rodrigues tenha o mandato cassado foi feito pela Rede, que também quer a cassação dos mandatos de outros três deputados, sendo Paulo Maluf do PP de São Paulo, Celso Jacob do MDB do Rio de Janeiro e Lúcio Vieira Lima também do MDB da Bahia.

Ao instaurar os processos, o presidente do Conselho de Ética, deputado Elmar Nascimento do Democratas da Bahia, também sorteou três deputados para a relatoria de cada caso.

Conforme Nascimento, a partir da designação do presidente do Conselho de Ética, os relatores de cada processo terão dez dias úteis para apresentar um parecer preliminar, sendo que em princípio, a duração de cada processo deverá ser de até 90 dias úteis.

Fonte: DC


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »