21/08/2015 às 14h01min - Atualizada em 21/08/2015 às 14h01min

Polícia Civil prende dois adultos e apreende dois adolescentes envolvidos na morte do homem encontrado esfaqueado dentro do porta-malas de um carro

Redação
Pinhalzinho
Imagem Ilustrativa

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Pinhalzinho, com apoio da Polícia Militar, na tarde de quarta-feira, dia 19, cumpriu dois mandados de prisão temporária e dois mandados de apreensão de adolescente infrator em desfavor dos suspeitos de terem praticado homicídio qualificado, no último sábado, dia 15, em Pinhalzinho.

No último domingo, 16, a vítima, um homem de 33 anos, foi encontrada dentro porta mala de seu veículo, com diversas perfurações de faca. O Setor de Investigação da Delegacia de Pinhalzinho, coordenado pelo Delegado de Polícia Civil Walter Figueiredo Loyola, apurou que o crime foi cometido por quatro pessoas, sendo dois adolescentes homens – ambos de 17 anos – e dois adultos de 19 anos (um homem e uma mulher).

Segundo Loyola, o crime teria sido passional. Um dos adolescentes apreendidos estava suspeitando que a namorada estaria tendo um relacionamento com a vítima. Então, ele entrou em contato com três amigos (um adolescente, um homem e uma mulher) com o objetivo de marcar uma emboscada para a vítima e matá-la. Em troca, eles receberiam dinheiro.

A mulher ligou para a vítima, se passando pela namorada do adolescente, marcando um encontro em um lugar ermo na cidade de Pinhalzinho. A vítima não percebeu que se tratava de outra pessoa e aceitou.

Ele se dirigiu até o local do encontro e achou estranho quando encontrou outra mulher desconhecida. Os outros três homens rapidamente saíram de trás de uma árvore que estavam escondidos e abordaram o homem de surpresa, golpeando com facadas. Após o crime, a vítima foi colocada no porta-malas de seu veículo e abandonada próximo àquela localidade.

Depois de três dias interrogando diversas pessoas e levantando informações, os policiais civis de Pinhalzinho chegaram até os quatro envolvidos, que tiveram as medidas cautelares deferidas pelo Poder Judiciário e cumpridas ontem.

A mulher foi encaminhada para o Presídio Feminino de Chapecó, o homem adulto para o Presídio de Chapecó e os adolescentes para o Departamento de Administração Socioeducativa (DEASE) de Joaçaba. Fonte/Polícia Civil. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »