17/07/2018 às 16h03min - Atualizada em 17/07/2018 às 16h03min

Mulher sobrevive 7 dias após carro cair de penhasco na Califórnia

Segundo 'CNN', ela usou a mangueira do radiador do veículo para sugar água de um córrego

Uma mulher foi encontrada com vida depois de ficar sete dias desaparecida após seu carro cair de um penhasco. Segundo a rede americana "CNN", o veículo caiu de um penhasco em Big Sur, na Califórnia.
Ela usou a mangueira do radiador do veículo para sugar água de um córrego próximo, disseram autoridades no sábado (14). Angela Hernandez, de 22 anos, machucou o ombro, mas conseguia andar e falar, disse John Thornburg, oficial do condado de Monterey.
As autoridades postaram uma foto no Twitter da polícia de Monterey em que Angela aparece com as equipes de resgate.
Thornburg disse que o veículo aterrissou 60 metros abaixo do penhasco e ficou parcialmente submerso. Hernandez conseguiu deixar o carro, mas ficou presa na área rochosa e inacessível, disse ele. Ele não esclareceu se Hernandez tinha alguma comida.
Ela foi encontrada depois que duas pessoas que passavam pelo local avistaram os destroços do carro e chamaram a emergência.

Desaparecimento

O carro de Hernandez aparentemente saiu da rodovia norte-sul que corta a costa do Pacífico nos EUA. Ela estava dirigindo de Portland para visitar a família em Lancaster, no sul da Califórnia.
Segundo um panfleto de pessoas desaparecidas, ela enviou uma mensagem por volta das 22h em 5 de julho dizendo que estava cansada e que tinha parado para dormir em seu carro em um estacionamento de um supermercado.
Por volta das 8h da manhã de 6 de julho, ela notificou a família de que continuava a viagem. Depois disso, não foram enviadas mais mensagens. As ligações para o celular dela iam direto para a caixa de mensagens.
As agências de segurança começaram a procurar Hernandez no dia 6 de julho, quando a família relatou que havia parado de se comunicar com ela. Usuária frequente das redes sociais, a falta de comunicação era incomum, disseram as autoridades.
A neblina dificultou as buscas em alguns dias e impossibilitou que equipes de resgate fizessem buscas com helicópteros.
No final da sexta-feira (13), duas pessoas que passeavam em Big Sur notaram os destroços do carro no fundo de um penhasco. Eles voltaram para seu acampamento e ligaram para o número de emergência.
Isabel Hernandez, sua irmã, agradeceu às pessoas que procuraram por ela.
"Nós só queremos agradecer a todos. Isso ajudou", disse ela à afiliada da CNN, KGO. "É o sétimo dia e vocês nos ajudaram com tudo. Angela não ficaria bem sem vocês".




Fonte: G1

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »