28/08/2018 às 15h03min - Atualizada em 28/08/2018 às 15h03min

Atirador de Jacksonville ‘claramente’ mirou concorrentes em torneio de videogame, diz polícia

O jovem identificado como o atirador que disparou no último domingo em um bar de uma pizzaria de Jacksonville, na Flórida, Estados Unidos, “claramente” mirou outros jogadores que competiam com ele um torneio de videogame, disse a polícia em coletiva de imprensa.
David Katz, de 24 anos, se matou depois de matar 2 pessoas e ferir outras 11 em um bar que hospedava uma competição de Madden NFL 19, de futebol americano. Katz era um dos cerca de 130 competidores. Segundo a imprensa americana, ele venceu esse campeonato em 2017.
Em publicação no Twitter, o time de futebol americano Buffalos Bills publicou uma foto de Katz depois que ele venceu um campeonato da mesma franquia do videogame.
“O suspeito claramente mirou outros jogadores que estavam no quarto escuro”, disse o chefe da polícia da cidade, Mike Williams. “O suspeito passou por pessoas que estavam em outras partes do estabelecimento e focou sua atenção nos jogadores”.
Segundo a polícia, Katz levou duas armas para o ataque, mas usou apenas uma. Segundo Williams, não há indicações de que ele tenha planejado o ataque antes do próprio domingo.
Registros de cortes em Maryland, estado em que morava obtidos pela agência de notícias Associated Press mostram que Katz já foi hospitalizado por doença mental. Os documentos de divórcio de seus pais afirmam que quando era adolescente ele foi internado duas vezes em instalações psiquiátricas e recebeu prescrição de medicamentos antipsicóticos e antidepressivos.
 
Fonte: G1
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »