04/03/2019 às 17h18min - Atualizada em 04/03/2019 às 17h18min

Maravilha lançará Cidade Empreendedora ciclo 2

Neste ano, o município de Maravilha começa uma nova fase com o ciclo 2 do Programa Cidade Empreendedora em parceria com o Sebrae/SC. A iniciativa segue com o objetivo de estruturar e implementar ações para fortalecer o desenvolvimento socioeconômico com incentivo ao empreendedorismo e estratégias para obter uma gestão pública eficiente. O lançamento está programado para esta quinta-feira (7), às 16 horasno gabinete da prefeita Rosimar Maldaner.
O município encerrou o ciclo 1 em dezembro de 2018. A primeira etapa representou a porta de acesso ao programa e possibilitou construir alinhamentos e fundamentos importantes para o ambiente de negócios. Já o ciclo 2 é a oportunidade para continuar no avanço da transformação local pela implantação de políticas de desenvolvimento, agregando um nível maior de complexidade.
A primeira etapa, com duração de dois anos, teve início em 2017 em 38 municípios de Santa Catarina por meio de parceria entre Sebrae/SC e Prefeituras. Para a realização das ações, o Sebrae disponibilizou mais de 20 profissionais e técnicos que atuaram com foco nas demandas de promoção da cultura do empreendedorismo. Entre os assuntos abordados estiveram a capacitação dos atores do desenvolvimento, a desburocratização do processo de abertura, alteração e baixa de empresas, a ampliação do uso do poder de compras do município, a estruturação da Sala do Empreendedor, identificação de oportunidades e reflexão sobre estratégias que podem ser utilizadas, visando estruturar políticas públicas e práticas de fomento ao crescimento econômico local.
O gerente regional extremo oeste do Sebrae/SC, Udo Trennepohl, realça a histórica parceria com a cidade de Maravilha e destaca o bom desempenho de todos os envolvidos com o Programa Cidade Empreendedora ciclo 1. “A implementação das ações permitiu aprimorar o ambiente de negócios nos mais variados segmentos e neste ano seguiremos com atividades visando potencializar o desenvolvimento e criar uma cultura empreendedora que tenha sustentabilidade”.
No Extremo Oeste, participaram da primeira etapa cinco municípios que obtiveram destaque pelos expressivos resultados (Maravilha, São José do Cedro, Itapiranga, Anchieta e Descanso). Em 2019, além de Maravilha, a cidade de Itapiranga iniciará o ciclo 2. Caibi e Palma Sola aderiram ao ciclo 1.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »