06/03/2019 às 09h26min - Atualizada em 06/03/2019 às 09h26min

Anchietense acusado de matar ex-mulher é condenado

Nain Dewites, de 32 anos, foi condenado pela justiça no dia 27 de fevereiro há 18 anos e oito meses de prisão em regime fechado

Anchieta

No dia 27 de fevereiro, Naim Dewites foi condenado pelo assassinato de Indiamara Aparecida de Moura, de 22 anos. Logo após a sentença, ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê, onde estava preso desde março de 2018 e onde permanece até conseguir uma vaga na Penitenciária de Chapecó.

O julgamento durou cerca de dez horas. Pela manhã foram ouvidas testemunhas e o depoimento do réu. No início da noite, os jurados se reuniram para discutir a decisão e Naim foi condenado pela maioria dos votos. O advogado do acusado, Odílio Hilário Lermen, não deve recorrer da decisão.

Naim e a vítima são naturais de Anchieta, haviam sido casados por quase sete anos, e tinham uma filha de seis anos. O casal estava separado há cerca de três meses e a vítima possuía medidas protetivas para evitar aproximação do ex, devido às agressões e ameaças que sofria. Indy, como era conhecida, havia se mudado para Entre Rios com sua mãe.

O crime ocorreu em Xanxerê. De acordo com relatos, Indiamara foi surpreendida pelo seu ex-marido, quando desembarcou do ônibus para estudar em uma escola onde cursava Técnico em Enfermagem. Ela foi golpeada com facadas no pescoço e abdômen, sendo socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital, mas, não resistiu à gravidade dos ferimentos indo a óbito pouco depois de ter dado entrada na unidade.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »