20/03/2019 às 13h41min - Atualizada em 20/03/2019 às 13h41min

Três são presos em Dionísio Cerqueira por crimes ambientais

Três pessoas foram presas na tarde de terça-feira, 19, na Avenida Internacional em Dionísio Cerqueira. As prisões foram realizadas pela Polícia Federal.

Dois envolvidos, que são moradores das proximidades da divisa com a Argentina, foram presos por estarem introduzindo, em nosso país, sucatas oriundas do país vizinho. No local foi constatado que os suspeitos realizavam o armazenamento e comercialização de baterias para veículos em estado de "sucatas".

Segundo a Polícia, dois homens moram no local e negociam "sucatas", confessando que traziam as baterias do país vizinho. O terceiro detido era o comprador, oriundo do oeste do Paraná. Ele disse que adquiria o produto para depois revender para empresas que trabalham na recuperação ou reciclagem de baterias.

Ainda de acordo com a PF, a bateria é um produto potencialmente poluidor, havendo normas para fabricação, armazenamento, comercialização, reutilização, importação, etc. Para realizar a importação o interessado deve possuir registro no Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras, informou o delegado.

Os presos foram dados como incursos no art. 56 da Lei 9.605/1998. Cada um pagou fiança de R$ 1.000 e foi colocado em liberdade. O caso foi submetido ao Juízo da 1ª Vara Federal em Chapecó.

Fonte: Polícia Federal/ Rede Peperi 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »