04/04/2019 às 08h59min - Atualizada em 04/04/2019 às 08h59min

Participação nos lucros

Cooperativa de crédito Sicoob São Miguel creditará R$ 6,3 milhões em contas de associados na devolução das sobras

O Sicoob São Miguel, que integra a maior instituição financeira cooperativa do Brasil, o Sistema Sicoob, encerrou o exercício de 2018 com R$ 1,2 bilhão em ativos administrados, o que a mantém no ranking das maiores cooperativas de crédito do país.

No dia 16 de março a cooperativa realizou Assembleia Geral com delegados, estes que são membros eleitos e que representam os associados. No evento, dentre os assuntos abordados, ocorreu a aprovação do balanço e definição da destinação das sobras. A prática de distribuição de sobras é um ato genuinamente cooperativo e evidencia o papel das cooperativas no desenvolvimento econômico e social das regiões onde estão inseridas.

Na segunda-feira, dia 1º de abril, o Sicoob São Miguel creditou na conta corrente dos associados mais de R$ 5 milhões correspondentes ao rateio das sobras. As sobras líquidas são distribuídas entre os associados, proporcionalmente à sua participação e volume de negócios com a cooperativa durante o ano. Para Palma Sola veio um total de R$ 173,1 mil de participação dos resultados, sendo que o associado que mais ganhou recebeu pouco mais de R$ 11 mil. Para a unidade de Anchieta foram R$ 175,5 mil destinados e o associado que mais recebeu teve um montante de R$ 7 mil. Já em Flor da Serra do Sul, os associados da unidade receberam R$ 233,2 mil no total das sobras, sendo que o associado que mais ganhou recebeu pouco mais de R$ 59 mil.

Daniel Dal Magro, gerente da unidade do Sicoob em Palma Sola, explica que a devolução do capital social é uma das vantagens das cooperativas em relação aos bancos tradicionais, pois as sobras das cooperativas voltam como forma de resultado de acordo com a movimentação de cada associado. Daniel destaca que desde 2009 a cooperativa vem distribuindo esses valores em conta corrente dos associados. “Na época o Sicoob iniciou distribuindo 30% das sobras, hoje distribui 50% das sobras recebidas. Aqui em Palma Sola distribuímos na segunda-feira, dia 1º, o montante de R$ 173.152,26, o associado que mais ganhou recebeu o valor de R$ 11 mil” explica o gerente.

No município de Anchieta o Sicoob distribuiu o valor de R$ 175.575,99, o associado que mais recebeu ganhou R$ 7 mil. Em Flor da Serra do Sul o Sicoob distribuiu R$ 233.206,97 e o associado que mais ganhou recebeu mais de R$ 59 mil em conta corrente.

Do valor que o associado recebe 45% refere-se aos juros da captação remunerada que é o dinheiro que ele deixa aplicado, 20% sobre os juros pagos e 35% sobre o saldo médio que fica na conta corrente. Ainda, na mesma data, aos associados que possuem mais de 60 anos de idade e que solicitaram a devolução da cota capital, receberam o montante de R$ 1,3 milhão em conta corrente, este valor corresponde as solicitações de mais de 600 associados. Lembrando que a distribuição dos 60% do capital o associado pode fazer quando completa 60 anos, com 65 anos ele saca mais 60%, com 70 anos ele saca amis 60% e com 75 anos ele pode sacar todo o capital restante deixando apenas R$ 10 que é o mínimo que a cooperativa exige para você ser associado.

Edemar Fronchetti, presidente do Sicoob São Miguel, destaca a importância destes valores para a manutenção do ciclo econômico onde a cooperativa está inserida. “Somadas as sobras e a devolução de capital, serão R$ 6,3 milhões creditados, este valor possivelmente será injetado na economia local, por meio de aquisições ou investimentos que os associados realizem”, destaca.

Para verificar o valor de sua participação, o associado pode consultar o extrato da conta por meio do aplicativo, internet banking e caixas eletrônicos, ou dirigir-se até uma agência.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »