19/06/2019 às 09h09min - Atualizada em 19/06/2019 às 09h09min

Uma final cheia de faltas

Disputa pelo título do municipal teve revolta com arbitragem, muitas faltas, cartões amarelos e três gols dos campeões

Flor da Serra do Sul
 
Na tarde do último sábado, dia 15, foi disputado em Flor da Serra do Sul, a final do Campeonato Municipal de Futebol de Campo. O jogo, realizado no campo da linha Tatetos, foi eletrizante. Disputavam a taça as equipes PEC Campo do Carlito e Esporte Clube Havaí.
O jogo iniciou por volta das 15h30 com expressiva participação do público acompanhando a partida. A arbitragem era de Campo Erê e no início a bola rolava tranquila com poucos chutes a gol. Quem abriu o placar foi a equipe Esporte Clube Havaí, em uma jogada conjunta que resultou num belo gol. A comemoração da torcida foi grande assim como dos jogadores em campo.
A partir de então o clima começou a esquentar. A equipe PEC Campo do Carlito teve uma boa oportunidade, mas a bola passou raspando, pouco depois, uma falta foi marcada e o clima ficou tenso. Os jogadores do banco da equipe PEC Campo do Carlito se revoltaram com a arbitragem que precisou controlar a situação. No lance seguinte, em uma jogada conjunta o placar seria ampliado para o Esporte Clube Havaí, mas o árbitro anulou o gol por impedimento. Fim do primeiro tempo, 1x0 para o Esporte Clube Havaí.
Com a volta das equipes para o segundo tempo quem precisou trabalhar foi o goleiro da equipe que estava vencendo. O time PEC Campo do Carlito estava buscando o gol e oferecia risco em muitas jogadas, mas o gol não saia. A cada minuto de bola rolando o sol ia descendo no horizonte, mas o clima em campo esquentava mais. Um jogador do banco da equipe PEC Campo do Carlito foi expulso por ofender o árbitro. Muitas faltas duras, uma enxurrada de cartões amarelos, lances agressivos e o árbitro precisou ter mando de campo para conseguir manter a partida dentro do controle.
O banco do time PEC Campo do Carlito estava revoltado com a arbitragem, reclamavam, xingavam, e não se conformavam com o rumo da partida. Embora a equipe Esporte Clube Havaí aparentasse estar mais cansada em campo, estavam conseguindo se sair melhor, errando menos passes e conseguindo manter a vantagem. Mesmo assim o clima era tenso, teve jogador expulso dos dois lados, cartões amarelos sendo levantados, confusão em campo, e faltando cinco minutos para o fim do jogo, quando a equipe PEC Campo do Carlito aparentava um começo de reação a equipe Esporte Clube Havaí avançou em um contra-ataque e marcou 2x0 na saída do goleiro. A torcida vibrou muito, fogos de artifício começaram a ser soltos e em campo o time PEC Campo do Carlito desmoronava. Pouco depois, mais uma bobeada em campo e mais um gol marcado para os campeões que fecharam o placar em 3x0 com gols de Maicon Bordin, Alberto Celer e Bruno Santos.
A torcida invadiu o campo para comemorar e quem perdeu estava revoltado. Por fim, todos reuniram-se onde estavam os troféus para a entrega da premiação. Esporte Clube Havaí campeão, vice-campeões PEC Campo do Carlito e em terceiro lugar Nics Futebol Clube.
O artilheiro da competição foi Douglas Horst (PEC Campo do Carlito), a melhor defesa do campeonato ficou com o Esporte Clube Havaí, que levou também o troféu disciplina. O atleta destaque da final foi Ferlã da equipe campeã.
O Departamento Municipal de Esportes agradece e parabeniza a todas as equipes que participaram do campeonato, à Prefeitura Municipal pelo apoio ao esporte, e deixa um agradecimento especial à presença da torcida, ao presidente do Clube do Rio Verde e ao presidente do Esporte Clube Havaí que emprestaram o campo para a realização dos jogos. “Agradecemos ainda a Secretaria de Saúde que disponibilizou a ambulância e à Polícia Militar de Palma Sola e Flor da Serra do Sul que prestou apoio durante o evento”, finalizou o diretor de Esportes, Silmar Magro.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »