19/11/2019 às 16h48min - Atualizada em 19/11/2019 às 16h48min

Homem é preso suspeito de matar companheira e simular roubo para atrapalhar investigações em SC

Para simular que houve um roubo seguido de morte, homem escondeu a TV da sala

Um homem de 42 anos foi preso em flagrante em Lages, na Serra de Santa Catarina, suspeito de ter matado a companheira e tentado esconder o crime simulando um latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo a Polícia Civil, ele atingiu a vítima, de 52 anos, com um pedaço de madeira na madrugada desta terça-feira (19). Para fingir um roubo, ele escondeu a TV da sala.

O caso ocorreu na localidade de Restinga Seca, no interior de Lages. Em depoimento, o suspeito entrou em contradição e confessou o assassinato, conforme a polícia. Ele disse que pegou um pedaço de madeira e agrediu a companheira. Durante o primeiro golpe, ela ainda estava dormindo.

Para prejudicar as investigações, ele escondeu a TV da sala em um galpão. Porém, o assassinato foi presenciado por um parente, que relatou o que viu a outros familiares e estes repassaram as informações à polícia.

O suspeito disse aos policiais que, depois de matar a companheira, jogou as roupas sujas de sangue em cima de uma caixa de água e o pedaço de madeira, no mato. Ele foi autuado em flagrante por feminicídio e transferido para o Presídio Regional de Lages. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Márcio Schutz, o suspeito não tinha antecedentes criminais.

Fonte: Wh3.com.br


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »