28/09/2015 às 16h23min - Atualizada em 28/09/2015 às 16h23min

Esquema de falsificação de carnes em empresa de Tubarão é desmascarado pela Polícia Civil

Redação
Tubarão
Assessoria de imprensa

Um grande esquema de falsificação de carnes, embutidos, queijos, maioneses e outros produtos foram desmantelados pela Polícia Civil de Capivari de Baixo, através de seu Setor de Investigação Criminais (SIC), com apoio da Delegacia de Delitos de Trânsito e Crimes Ambientais (DDTCA) de Tubarão, Cidasc e Vigilância Sanitária de Tubarão.

Durante as investigações e cumprimento do mandado de busca e apreensão na empresa Free Carnes de Tubarão, foram apreendidos aproximadamente sete toneladas de carnes e derivados vencidos. A empresa reeditava os lotes e a data de validade vencida dos alimentos utilizando uma impressora a jato própria para esse trabalho. O material apreendido e destruído equivalia a 90% dos produtos que estavam dentro de todas as três câmeras frias.

Além dos produtos vencidos, com rótulos de validade adulterados, foram apreendidos uma máquina impressora a jato de tinta contínuo, uma esteira onde dava agilidade as remarcações mostrando que o local nos fundos da empresa era onde se processava todo crime.

Diante das provas, o proprietário da empresa frigorífica, um homem de 43 anos, confessou o crime e declarou que comprava dos vendedores de empresas famosas produtos com a data de vencimento estourando ou já vencidos, apagava com um produto tipo tinner e remarcava os lotes e data de validade com a máquina especial e recolocava o produto no comércio de Tubarão e região como se fosse novo.

O proprietário da empresa foi preso em flagrante, à esposa dele de 46 anos e dois empregados foram conduzidos para depoimentos e indiciamentos. A empresa foi lacrada pela Vigilância Sanitária de Tubarão e todo o material fora de validade encaminhado para destruição.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »