01/10/2015 às 08h30min - Atualizada em 01/10/2015 às 08h30min

Subcomissão Permanente da Dívida Pública Brasileira realizou reunião

A confraternização contou com a presença de Maria Lucia Fattorelli

Redação
Brasil
Divulgação

Economista por formação e membro titular da Subcomissão Permanente da Dívida Pública Brasileira da Câmara dos Deputados, o deputado federal Celso Maldaner (PMDB-SC) participou na manhã de quarta-feira dia 30, em Brasília, da primeira reunião de trabalho do colegiado, que contou com a valorosa contribuição de Maria Lucia Fattorelli, fundadora do movimento Auditoria Cidadã da Dívida e uma das maiores especialistas no assunto em atividade no País.

Auditora da Receita Federal desde 1982, Maria Lucia é reconhecida internacionalmente e foi convidada a compor, em julho deste ano, o Comitê pela Auditoria da Dívida Grega. Em 2007, Fattorelli também auxiliou na identificação e comprovação de diversas ilegalidades na dívida publica do Equador. O trabalho reduziu em 70% o estoque da dívida pública equatoriana, que emperrava o investimento público. Com isso, pela primeira vez na história daquele País, os gastos sociais superaram os gastos com a dívida.

Para Maldaner, é necessário ir a fundo com a auditoria da dívida pública brasileira, que está prevista na Constituição Federal – em seu artigo 26 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), até hoje não cumprido. "Somente no ano passado, comprometemos 45,11% de toda a arrecadação do Brasil apenas para pagamento de encargos, juros e amortização. Enquanto isso, para a saúde, foram destinados 3,98% e para a educação 3,73%, além de afetar negativamente também os orçamentos de Estados e municípios. Estamos enxugando gelo! Trata-se de uma questão antiga, que precisa ser debatida com a máxima urgência e seriedade pelo Congresso Nacional!", expressou.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »