25/06/2020 às 17h22min - Atualizada em 25/06/2020 às 17h22min

Uma assinante que lê e divulga o jornal

A anchietense Odila Flach está entre os assinantes e vendedores do jornal Sentinela. Toda quinta-feira recebe seu exemplar, juntamente de outros que entrega a seus “clientes”. Sai no começo da manhã e distribui o jornal pela cidade, o divulgando como um bom companheiro nas horas vagas. Como sabem todos os anchietenses e assinantes que leem e acompanham as colunas, o rosto da aposentada de 61 anos, faz parte da página 6. Uma boa amiga, que há 12 anos além de assinar, divulga, vende e recorda.

Desde 2008 é colunista e escritora de mão cheia. Além de ler, recorta e guarda todas suas colunas. Ela conta que foi ideia de seu esposo Protásio, outro pesquisador e escritor. “Ele até fala que queria editar um livro com as minhas colunas, mas é muito difícil fazer isso, mas mesmo assim ele guarda desde a primeira coluna”, destaca. Formada e graduada em pedagogia, atuou por 33 anos como professora do Colégio Pops de Anchieta.

“Sempre gostei de escrever, quando comecei nas colunas pensava que não ia ser capaz. Escrevo primeiro um texto a mão e quando passo para o computador mudo tudo. Através de mim o jornal viajou muito, levei até meus familiares distantes, e alguns deles até escreveram pro jornal”, conta a anchietense ressaltando com tom de humor que o jornal a levou a fazer um curso de informática básica para conseguir digitar suas colunas. “Quando comecei não tinha muita afinidade com o computador, não gostava, nisso eu pedia para meu filho Guilherme digitar pra mim. Ele não gostava muito e reclamava um pouco, mas fazia. Até que começou a faltar vírgulas e palavras, porque ele fazia rápido e não cuidava. Neste momento eu decidi que ia fazer um curso e começar a escrever eu mesma”, continua.

“Já vendi o jornal pra mais de 200 pessoas, mas é um entre e sai. Pra vender vou até as pessoas, se precisar ir até cinco vezes eu vou. Faço as entregas junto com meu marido e adoramos. Muitas vezes os que compram não possuem condição pra pagar a mensalidade, mas tem outras coisas, como venda de pães e produtos, daí eu vendo a custo do que eles podem me pagar e depois eu mesmo acerto”, enfatiza. Além de vendedora do Sentinela, Odila é consultora do Boticário e da Natura e apaixonada por orquídeas. Se já a visitou, saberá que após algumas palavras ela o levará até sua “coleção” de flores ou lhe oferecerá alguns produtos para pele. Uma vendedora de mão cheia.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »