10/10/2015 às 10h05min - Atualizada em 10/10/2015 às 10h05min

Chuvas diminuem em SC, mas previsão aponta nova frente fria na próxima semana

Temporais causaram estragos em pelo menos 21 cidades catarinenses nos últimos dias

Redaçãp
Santa Catarina
Imagem Ilustrativa

Após dois dias de chuva intensa no Estado, que causou estragos em ao menos 21 municípios catarinenses, o volume de precipitações começa a diminuir durante este fim de semana e o tempo deve dar uma trégua na segunda-feira, ao término do feriadão.

Mas a meteorologia alerta que, apesar do abrandamento das chuvaradas, a nebulosidade e pancadas isoladas continuam a predominar em praticamente todas as regiões. E depois de uma terça-feira de sol entre nuvens, está prevista a chegada de mais uma frente fria (e novos temporais) em SC.

Diante deste cenário instável, a secretaria de Defesa Civil manteve os alertas para risco de alagamentos nas áreas litorâneas vulneráveis à maré alta durante este sábado e domingo. O secretário da pasta, Milton Hobus, afirmou que ainda há possibilidade de deslizamentos no Planalto Sul, Litoral Sul, Vale do Itajaí e Oeste. O volume de chuva também pode causar novas inundações em Lages, na Serra, devido transbordamento de rios.

Segundo informações da Epagri/Ciram, neste sábado a nebulosidade persiste em toda a SC, mas o volume de chuvas começa a diminuir no Oeste e no Meio-Oeste e aumentar na região litorânea, podendo chegar a 80 mm em algumas localidades do Litoral Sul. No domingo, a previsão é de pancadas isoladas do Planalto ao Litoral. A chuva continua pela manhã de segunda-feira, mas o sol deve voltar a aparecer durante a tarde e predominar na terça-feira.

As chuvas darão um descanso curto para os catarinenses. Isso porque para quarta-feira é aguardada a chegada de mais um frente fria no Estado, que pode prolongar as chuvas pelo próximo fim de semana. A meteorologista Marilene de Lima, da Epagri/Ciram, explica que será um sistema diferente deste atual, que se formou na região sul do país e abrangeu também o Rio Grande do Sul e Paraná.    Fonte/Diário Catarinense


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »