10/07/2015 às 11h10min - Atualizada em 10/07/2015 às 11h10min

Definido campeão do futsal citadino de Palma Sola

A cidade conheceu o campeão no futsal Força Livre: Super Frizzo/Fernanda Móveis que venceu a final por 7x5

Francieli Perondi
Palma Sola
O time do Super Frizzo/Fernanda Móveis venceu a partida por 7x5 e garantiu o título de campeão (foto: ASO/Francieli Perondi)

Na noite do último sábado, dia 4, aconteceu em Palma Sola a disputa das finais do Campeonato Municipal de Futsal Citadino. A decisão aconteceu no Ginásio Municipal Gentil Crestani e mesmo com o frio cerca de 200 pessoas se reuniram para acompanhar as disputas.

A primeira decisão foi pela categoria infantil, onde enfrentaram-se as equipes Transportes Mantelli x Associação Ajax/Panificadora Guardini. O jogo foi equilibrado, com bons lances e defesas de ambas as equipes, tanto que a partida em tempo normal terminou empatada em 2x2. A decisão foi para os pênaltis, onde a equipe do Transportes Mantelli marcou dois e defendeu dois, garantindo a vitória e o título.

A final mais esperada era a da categoria Força Livre, onde enfrentaram-se as equipes Super Frizzo/Fernanda Móveis e Churrascaria Munaro/Transportes Mantelli. O jogo foi “pau a pau” com muita qualidade e lances “de tirar o fôlego” protagonizados pelas duas equipes. O primeiro tempo terminou com o placar em 3x1 para a equipe da Churrascaria Munaro. Na volta do intervalo o time do Super Frizzo se recuperou, marcou o segundo gol, empatou e passou na frente. Daí em diante foi um show de emoção que aqueceu a noite dos torcedores. Lances polêmicos, como um possível pênalti não marcado para a equipe do Super Frizzo e um gol não marcado para o time da Churrascaria Munaro, fizeram a torcida vibrar. Mesmo tendo marcado cinco gols na partida, o time da Churrascaria Munaro não conseguiu parar a reação do time Super Frizzo, que venceu a partida por 7x5 e garantiu o título de campeão.

O campeonato, que começou no dia 8 de maio e contou com 19 equipes inscritas em todas as categorias envolveu 270 pessoas entre atletas e dirigentes.

Na categoria Força Livre o goleiro menos vazado foi Diogo Rivieira, da equipe Madeireira Sansigolo/Link Luchese, com 12 gols sofridos. O artilheiro foi Leonardo Menegasso, da equipe Super Frizzo/Fernanda Móveis, com 14 gols feitos. Já na categoria infantil, o artilheiro foi Giovane Pauletti da equipe Associação Ajax/Panificadora Guardini, com 13 gols marcados, e o goleiro menos vazado foi Marciel Ferreira, da equipe Transportes Mantelli, com 17 gols sofridos ao longo da competição.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »