09/07/2020 às 14h35min - Atualizada em 09/07/2020 às 14h35min

Projetos do CRAS sofrem modificações

Os projetos Fique em Casa, Fique Bem; Costurando História e Cartão Comida Boa beneficiam os sulflorenses em época de pandemia, com alimentos, kits e outros materiais

A coordenadora do CRAS de Flor da Serra do Sul, Zenaide Pauletti Gonçalves, explica que neste momento de pandemia e isolamento social, o CRAS está executando três projetos, onde dois foram modificados depois da chegada do coronavírus. Sendo eles: Fique em Casa, Fique Bem; Costurando História e Cartão Comida Boa.

O programa Fique em Casa, Fique Bem era o antigo atrativo do Serviço de Convivência, e atendia adultos, mulheres e idosas com trabalhos artesanais. Já no programa Costurando História, as mulheres vinham até o CRAS para costurar, agora com a pandemia, a equipe está costurando e confeccionando kits (lençol, sobre-lenços, pano-de-prato) e enviando para as famílias que se encaixam no programa e no Bolsa Família. O programa Cartão Comida Boa foi um auxílio criado pelo governo do Paraná após a chegada do Covid-19. O objetivo é levar alimento as famílias carentes.

“Quando o governo criou este programa, ele já mandou a lista das pessoas que poderiam receber. Chegaram 517 cartões com base no CAD-Único (Cadastro Único), além destes veio mais 103 para pessoas que se auto declararam em situação de vulnerabilidade; totalizando 620. Estas pessoas assinaram uma declaração admitindo a situação de vulnerabilidade e se responsabilizando”, explica Zenaide.

Segundo ela, as pessoas que foram embora do município ou morreram terão seus cartões devolvidos. “Este cartão permite a compra de até R$ 50, durante três meses, em produtos como: arroz, feijão, macarrão, farinha, açúcar, óleo e frutas nos mercados cadastrados, sendo eles:  Yasmin, Petri (Tatetos), Perotoni e Moroni”, destaca a coordenadora.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »