15/10/2015 às 11h27min - Atualizada em 15/10/2015 às 11h27min

Em evento da CUT, Dresch conversa com Lula e Mujica sobre cenário político

Redação
Brasil
Divulgação

O deputado estadual Dirceu Dresch (PT) participou na noite de terça-feira (13) da abertura da 12ª edição do Congresso Nacional da CUT (CONCUT), realizado em São Paulo. Antes do início do evento, Dresch  foi convidado a participar de uma conversa onde estavam o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, e o prefeito de São Paulo,  Fernando Haddad.  A conversa aconteceu minutos antes da abertura do evento, que contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff.

Dresch revela que Lula estava otimista com a postura da presidenta Dilma, que deixou de lado o discurso técnico para elevar o tom  e falar diretamente ao povo sobre a ameaça de golpe  articulada por opositores ao seu governo, liderados pelo PSDB. Conforme o deputado, é consenso entre as lideranças que a mudança do atual cenário só será possível com estabilidade política, sendo  justamente  isso o que a oposição não quer que aconteça. Ele dá como exemplo a obstrução de  votações na Câmara dos Deputados e a tentativa de  manobra regimental ilegal para colocar em pauta o impeachment da presidenta, que foi barrada por ministros do Superior Tribunal Federal.

"Dilma foi eleita democraticamente com 54 milhões de votos. Quem  votou nela, e também quem não votou, quer que ela governe. A sociedade precisa exigir de seus líderes políticos que parem de pensar em si mesmos e passem a agir em prol do Brasil. O resultado das urnas precisa ser respeitado", resume o petista.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »