22/10/2015 às 14h17min - Atualizada em 22/10/2015 às 14h17min

Câncer de pele e hanseníase foram tema de palestra

Atividade foi promovida pela Secretaria de Saúde

Anchieta
Ascom/Angie Schenkel Lago

Uma palestra sobre câncer de pele e hanseníase foi realizada em Anchieta sábado passado. O evento foi promovido pela Secretaria de Saúde e teve como palestrante o médico dermatologista, Gustavo Poletto.

Durante sua explanação, Poletto falou sobre sintomas, causas e tratamento destacando a importância do diagnóstico precoce e também a necessidade de medidas preventivas, no caso do câncer de pele, como o uso de protetor solar. O médico explicou ainda sobre as diversas formas da doença, características das lesões e tratamentos disponíveis.

De acordo com a secretária de Saúde, Magli Roscete, os temas foram escolhidos devido ao grande número de casos verificados no município. “A equipe da Saúde é muito dedicada e foi bem treinada para realizar a detecção de possíveis casos. Além disso, campanhas de prevenção são frequentes”, afirma.

 

Hanseníase

Sobre a hanseníase, Poletto destacou que é uma doença que atinge a pele e os nervos dos braços, mãos, pernas, pés, rosto, orelhas, olhos e nariz podendo causar deformidades físicas irreversíveis como a perda de membros. O médico explicou ainda que a doença é curável e o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece o tratamento que tem duração de seis a 12 meses. Os principais sinais e sintomas são manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo com perda ou alteração de sensibilidade; áreas da pele com perda de pelos; sensação de formigamento e diminuição de sensibilidade ao calor, dor e tato.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »