19/12/2020 às 11h21min - Atualizada em 19/12/2020 às 11h21min

“Me sinto preparado para mais esse desafio”

A afirmação é do vereador mais jovem e mais votado de Palma Sola, Elber Pereira, de 22 anos, filiado ao PMDB

Da redação
Em Palma Sola, o vereador mais votado foi o técnico em agropecuária e antigo secretário de Agricultura, Elber Pereira, de apenas 22 anos, que disputou a eleição filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Compondo a bancada de posição, o futuro engenheiro agrônomo sagrou-se o concorrente mais jovem a pleitear uma candidatura na Câmara Municipal de Vereadores. Ao todo, foram 300 votos, com mais de 15% da aprovação.
 
Porque resolveu se candidatar?
Após uma conversa com o prefeito Kiko sobre uma possível candidatura, decidi que iria, pois fui muito apoiado. Ter sido secretário de Agricultura me influenciou muito, e me fez gostar ainda mais do ramo. Sempre tive interesse pela política e agora, exercerei minha formação, onde meus maiores projetos são para a agricultura, onde já estou engajado.
 
O que gosta na política?
Tudo a envolve, seja no município, no Estado ou no país. Vejo muitas pessoas falando que a política é suja, eu não acho; sujo é quem trabalha lá dentro e faz coisas erradas, a política é o que move nosso Brasil.
 
E o que você gosta na condição de vereador?
Estar aqui para ajudar o município, fazer pela nossa cidade, fiscalizar e auxiliar em tudo que acontece. O dinheiro é nosso, é público, é meu, é seu, é de todos, e com isso precisamos fiscalizar indiferente de sigla política. O vereador é a pessoa que precisa de todos para seguir e, hoje, me sinto preparado sim para assumir esse novo desafio em minha vida. Um só vereador não consegue abraçar o município sozinho, precisamos trabalhar juntos, para o melhor de todos.
 
Possui histórico familiar neste meio?
Minha família sempre esteve em meio a política, meu pai já foi candidato, não conseguiu se eleger, mas ficou primeiro suplente na época. Além disso, tenho alguns tios.
 
Quais suas inspirações?
Tenho muitas, como o deputado federal Celso Maldaner (PMDB) e o deputado estadual Mauro de Nadal (PMDB). E dentro do município, nosso prefeito Kiko e o vice Márcio Sansigolo. É claro que o que me chama a atenção é a parte boa dessas pessoas.
 
Porque resolveu se filiar ao PMDB?
Toda minha família já é filiada nele, além disso, minhas ideias batem muito com a do partido, meus princípios e a forma de pensar.
 
Como avalia a atual Administração?
Para mim, ela fez uma ótima gestão nestes quatro anos. O começo é difícil até engajar, mas agora só tende a melhorar.
 
Você ambiciona ser prefeito?
Quando a gente entra na política, já ambiciona projetos maiores, como fazer um bom trabalho como vereador e subir mais um degrau. Não podemos ficar estacionados no mesmo lugar, precisamos ter metas e objetivos. Então sim, eu ambiciono ser prefeito... futuramente.
 
Deixa algum agradecimento?
Foram três conquistas dentro de uma só política: primeira vez que me candidato e consigo me eleger, o mais votado e o mais novo da história. É uma gratidão muito grande aos palmassolenses. Só tenho a agradecer todos aqueles que me ajudaram, que confiaram em mim e dizer que vou honrar cada um dos votos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »