16/01/2021 às 09h04min - Atualizada em 16/01/2021 às 09h04min

Encceja 2021 abre inscrições; veja como e onde se inscrever

Inscrição no Encceja da edição 2020/2021 não ocorrerá mais pelo site do INEP. Provas do exame ocorrerão no mês de abril em todos os estados e no Distrito Federal. Veja onde se inscrever

Da redação com informações do MEC

Começaram na segunda-feira, dia 11, as inscrições para participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos  (ENCCEJA) 2021. O INEP divulgou a abertura do prazo para fazer a inscrição no exame que faz a certificação de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio para quem já passou da idade escolar. O Encceja, assim como o ENEM, não teve edição em 2020 devido à pandemia e teve as provas remarcadas para 2021.

Para fazer o exame e tentar o certificado do ensino fundamental o candidato deve ter, no mínimo, 15 anos completos na data da prova. Já para tentar o certificado do ensino médio, a idade requerida é 18 anos completos.

Inscrição no Encceja 2021

A inscrição no Encceja são gratuitas e devem ser feitas por meio do site do governo federal até o dia 22 deste mês. O login agora é único no portal do governo, que visa centralizar todos os dados do cidadão. Assim, as inscrições desta edição já não ocorrem mais pelo site do INEP, mas sim pelo site do governo, em acesso.gov.br.

O governo pretende unificar todos os serviços digitais de órgãos públicos e é necessário se cadastrar somente uma vez para ter acesso liberado a todos os serviços da União. O prazo de inscrição no Encceja termina já no dia 22 de janeiro de 2021. Então, fique atento.

Quem se inscreveu na edição passada do Exame (2019), mas não compareceu e não justificou a ausência deverá ainda pagar uma multa de R$ 40,00 pelos custos de organização do órgão e impressão de provas. O pagamento deve ser feito por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), que pode ser gerada no sistema de inscrição. A guia pode ser paga em qualquer banco e lotérica até a data de vencimento constante no documento.

Como serão as provas do Encceja

Os inscritos na edição 2020/2021 passarão por quatro provas objetivas, além da redação. Para a certificação no ensino fundamental, as provas envolverão as seguintes áreas de conhecimento:

Ciências;
Matemática;
Língua portuguesa, língua estrangeira moderna (inglês e espanhol), artes, educação física e redação;
História e geografia.

Já as provas de certificação do ensino médio terão conteúdos de:

Ciências da natureza e suas tecnologias (Química, Física e Biologia);
Matemática e suas tecnologias;
Linguagens, códigos e suas tecnologias (Língua Portuguesa, Inglês, Espanhol, Artes e Educação Física); e redação;
Ciências humanas e suas tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).

Cada uma das provas terá 30 questões de múltipla escolha e a redação valerá 5 pontos. A nota mínima exigida é de 100 pontos nas provas objetivas e de 5 pontos na redação. Para Língua Estrangeira Moderna, o participante realizará as provas de Inglês e Espanhol, não sendo possível optar por apenas uma delas.

As provas do Encceja ocorrerão no dia 25 de abril de 2021, nos dois turnos, com portões de acesso aos locais de provas abertos às 8h e fechados às 8h45 para as provas aplicadas pela manhã; e abertos às 14h30 e fechados às 15h15, para as provas aplicadas à tarde, de acordo com o horário de Brasília-DF. Será obrigatório o uso de máscara de proteção à Covid-19 para realizar as provas. As provas ocorrerão das 9h às 13h na manhã e das 15h30 às 20h30 no período da tarde.

O cálculo das notas nas provas objetivas tem como base a Teoria de Resposta ao Item (TRI). O desempenho do participante na prova objetiva, calculado com base na TRI, será quantificado em cada prova numa escala de proficiência com média 100 e desvio-padrão de 20 pontos. A nota global da redação será atribuída numa escala que varia de 0 a 10. Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 5 de maio.

O Encceja é realizado desde 2002 com auxílio das secretarias estaduais e municipais de Educação pelo país. O diploma de quem é aprovado no Encceja vale da mesma forma que os demais que se formam dentro da idade escolar e é emitido pelas Secretarias Estaduais em caso de aprovação.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »