08/04/2021 às 17h58min - Atualizada em 08/04/2021 às 17h58min

Falta de medicamento para transplantados

Imprensa Neodi Saretta
Imprensa Neodi Saretta
O deputado Neodi Saretta cobrou da secretaria de Estado da Saúde que seja feita a regularização imediata do medicamento Tracolimo, que é utilizado por pessoas transplantadas. Saretta explica que o medicamento é de vital importância para o corpo não rejeitar o órgão transplantado, por isso é inadmissível que o mesmo esteja faltando na rede pública. “Caso ele não seja tomado, há a possibilidade de o corpo reagir negativamente, rejeitando o órgão transplantado, por isso faço um apelo para que o fornecimento do medicamento seja regularizado o mais rápido possível”.
A substância não tem sido distribuída com regularidade pelo Ministério da Saúde, que repassa o medicamento para as chamadas Farmácias de Alto Custo nos estados. O preço de mercado é de R$ 3.500 por caixa, mas não é possível encontrá-lo em farmácias comuns.
O Tracolimo é utilizado para transplantados de fígado, rins e coração, e o paciente deverá fazer uso medicamento pelo resto da vida.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »