19/05/2021 às 16h57min - Atualizada em 19/05/2021 às 16h57min

Combate à seca terá recursos para os municípios

Deputado Marcos Vieira defendeu ações definitivas para enfrentar o problema de estiagem

Assessoria
Divulgação
O deputado Estadual Marcos Vieira (PSDB) defendeu medidas mais amplas para serem aplicadas no combate à seca, que está afetando diversos municípios de Santa Catarina.
Em reunião na Casa da Agronômica, nesta terça-feira (19/05), os deputados que formam a Bancada do Oeste, Secretários de Estado, prefeitos, Casan e Epagri debateram com o Governador Carlos Moisés recursos para serem aplicados de imediato para amenizar a estiagem. “O Governador enviará para a Alesc uma PEC para que sejam destinados aos municípios R$ 100 milhões para uma ação emergencial, já que a estiagem atual é uma das maiores já enfrentadas em Santa Catarina”, disse o deputado Marcos Vieira.
Além disso, o deputado ainda reforçou sobre a importância de se pensar a longo prazo. “Todos os anos debatemos os efeitos da seca, especialmente na agricultura e pecuária, mas temos que pensar de forma mais ampla, na construção de sistemas de captação e armazenamento de água como açudes e não só a destinação de caminhões pipas, por exemplo”, reforçou Marcos Vieira.
O prefeito de Pinhalzinho Mário Woitexen Cena agradeceu o empenho dos representantes estaduais e solicitou agilidade no combate à estiagem. “Temos um problema sério em nossa região na pecuária leiteira, que é diretamente afetada na falta de água e isso afeta toda uma cadeia que depende desta atividade”, explicou Cena.
O Governador Carlos Moisés se prontificou em agilizar o envio da PEC à Alesc e ainda reforçou que o Governo do Estado planeja aplicar R$ 1 bilhão em ações para garantir a qualidade hídrica de Santa Catarina. “Que bom que estamos todos pensando a longo prazo, e vamos com certeza trabalhar para que a estiagem não seja assunto recorrente em nosso Estado”, concluiu o governador.
Os efeitos da estiagem em solo catarinense são motivo de ações do deputado Marcos Vieira desde 2012, quando, por meio de uma mudança no programa Caminhos do Desenvolvimento foram destinados R$ 60 milhões para construção de cisternas em diversas propriedades rurais, especialmente no Grande Oeste.
 
Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »