27/05/2021 às 17h15min - Atualizada em 27/05/2021 às 17h15min

Água para todos

Para passar tranquilamente pelos períodos de estiagem os agricultores podem investir em sistemas de captação de água com o auxílio do governo do estado

Desde o início de 2021 o Projeto Água Para Todos se tornou permanente, aumentando a venda de caixas d’água e cisternas em mais de 100%
Santa Catarina tem um enorme potencial hídrico, mesmo assim a escassez de água é um a realidade em muitas regiões do Estado, principalmente nos períodos de estiagem. No Oeste do Estado as produções agropecuárias fazem das propriedades rurais grandes consumidoras de água.
Os períodos de estiagem sempre expõem a fragilidade do nosso sistema hídrico, causando enormes prejuízos decorrentes do elevado custo de captação, transporte e tratamento de água para a manutenção das atividades cotidianas, tanto no interior quanto na cidade.
Pensando em minimizar os problemas trazidos pela estiagem a EPAGRI criou o programa Água para Todos, ainda no ano passado, neste ano ele se tornou permanente. Basicamente o programa disponibiliza linhas de crédito através do Governo Estatual, desse modo as famílias podem investir em proteção de fontes ou em cisternas, de todo modo o financiamento só pode ser aplicado para melhorar a questão de água nas propriedades rurais.
São duas linhas de crédito vinculadas diretamente ao Governo do Estado, assim o financiamento é feito junto a Secretaria de Agricultura, o valor varia de acordo com a renda do agricultor, que é enquadrado em uma das linhas de crédito disponíveis. Uma possui descontos, a outra não. Com o programa a construção de sistemas de captação e armazenamento de água aumentaram significativamente.
Mas afinal o que é esse sistema? É um reservatório fechado para armazenar a água da chuva e de fontes protegidas, mais conhecido como cisterna. Uma opção de baixo custo para garantir a segurança e independência hídrica no interior, diminuindo a pressão sobre os sistemas naturais como rios e poços.
A cisterna é feita de três elementos principais: um sistema de captação, geralmente uma calha, um sistema de filtragem e um ou mais reservatórios. O reservatório mais comum é a caixa de água, mas existem enormes cisternas que são escavadas na terra e revestidas com lonas.
A venda de tanques para construção de cisternas também aumentou. Paulo Sufredini, dono da PS Construções, participa dos projetos de licitação para venda de materiais e construção das cisternas. Ele conta que a demanda de caixa d’água aumentou cerca de 100% no último ano. Um agricultor que quer adquirir uma cisterna por meio do programa de crédito Água para Todos, deve apresentar três orçamentos com valor máximo de R$ 10 mil, ambos os orçamentos devem ter os mesmos itens, ou seja, se em um dos orçamentos constar uma caixa de água de 10 mil litros e no outro uma caixa 20 mil litros o financiamento não será liberado. Em casos onde é preciso terraplanagem a prefeitura entra com as horas/máquina.


Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »