28/06/2021 às 09h07min - Atualizada em 28/06/2021 às 09h07min

Doe para a campanha Cobertor Solidário

Com previsão de frio intenso, Rede Laço reforça pedido de doações para a campanha Cobertor Solidário

Assessoria
Assessoria
Com previsão de frio intenso para Santa Catarina nos próximos dias, chegou a hora de ajudar famílias em situação de vulnerabilidade a enfrentar as baixas temperaturas do inverno. A Rede Laço de Voluntariado reforça o pedido de doações e os catarinenses, em todos os municípios, podem contribuir doando cobertores, mantas e edredons. Os pontos de coleta estão em escolas estaduais e unidades da Polícia e Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil e do Institito Geral de Perícias (IGP).
“Precisamos unir esforços para ajudar aqueles que mais precisam. O nosso objetivo é estimular a solidariedade e garantir a proteção das famílias em situação de vulnerabilidade nos dias de frio intenso", frisa a primeira-dama dama do Estado e presidente da Rede Laço de Voluntariado, Késia Martins da Silva.
A campanha Cobertor Solidário começou em maio e termina no dia 30 deste mês. Durante o período até agora, doações já foram efetivadas para ajudar famílias em dificuldade como as que foram atingidas pelas chuvas e tornado, em Canelinha e Campos Novos. Com a chegada do frio mais intenso, a Rede quer reforçar a solidariedade e as entregas a quem não tem condições de reforçar as cobertas para o frio que se aproxima.
                                                                                                                          
Como participar da Campanha Cobertor Solidário
A campanha Cobertor Solidário da Rede Laço de Voluntariado tem o objetivo de estimular a doação de cobertores, mantas e edredons, novos ou usados, higienizados, em bom estado e embalados, em todos os municípios catarinenses. As arrecadações ocorrerão em todas as cidades e serão destinadas a pessoas e instituições. As doações devem ser entregues nos pontos de coleta nas escolas da rede estadual e nas unidades do Corpo de Bombeiro Militar, Polícia Militar, Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias.
"Toda doação é bem-vinda, mas, especialmente, neste momento, muitas famílias catarinenses vão depender da solidariedade. Ainda dá tempo de ajudar quem mais precisa a enfrentar esses dias de frio rigoroso", reforça Késia Martins da Silva.

Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »