25/11/2015 às 17h16min - Atualizada em 25/11/2015 às 17h16min

Santa Catarina registra menor taxa de desemprego do país no terceiro trimestre

Santa Catarina
Imagem Ilustrativa

A diversidade econômica do Estado é a principal responsável pelo fechamento do terceiro trimestre positivo, em relação à taxa de desemprego que ficou em 4,4% - a menor do país. Os números foram apontados pela Pesquisa Nacional por amostragem de Domicílio Contínua (Pnad Contínua). O índice catarinense sofreu uma grande influência da agroindústria que registrou uma variação de 4,69, em contraponto para o setor da construção civil com índice de desocupação de 1,63%.

  “Esta é a grande vantagem de Santa Catarina sobre as outras unidades da Federação”, avalia o diretor de Trabalho Emprego e Renda da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Renda, Edilson Godinho.

Godinho, que também coordena o Sine em Santa Catarina e interpreta o Cadastro Geral de Admitidos e Desligados por Setor Econômico, garante que no Sine a procura por mão de obra na agroindústria ainda está em escala crescente, assim como o comércio e o turismo. Em Santa Catarina, há 22 postos que são de execução direta do Estado e outros 93 conveniados com as prefeituras.

No Brasil a taxa de desemprego ficou em 8,9% no terceiro trimestre, ante 8,3% no trimestre anterior, e 6,8% no trimestre correspondente de 2014. A marca de 8,9% é a maior da série iniciada em 2012. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »