27/11/2015 às 09h40min - Atualizada em 27/11/2015 às 09h40min

Videomonitoramento está funcionando

Dez câmeras estão instaladas na cidade. Sistema é controlado pela Polícia Militar

Entrou em funcionamento na semana passada em Palma Sola o sistema de videomonitoramento Bem-Te-Vi numa parceria entre o município e o governo do Estado. São 10 câmeras instaladas em pontos estratégicos da cidade, funcionando 24 horas por dia. O sistema é controlado pela Polícia Militar, e busca trazer mais segurança aos munícipes da Cidade Bonita.

Segundo explicou o prefeito, Domingos Locatelli, o convênio com a Secretaria de Estado da Segurança Pública foi firmado ainda em 2013. “No início de 2014 depositamos R$ 108 mil para o Governo do Estado, que ficou de dar uma contrapartida de R$ 140 mil. Na época nos informaram que o sistema estaria funcionando em 60 dias, mas demorou quase dois anos”, explicou o prefeito afirmando que por vezes esteve em Florianópolis buscando dar agilidade à instalação do sistema. “O que importa é que agora a Cidade Bonita está efetivamente mais protegida. Isso dá uma sensação de mais tranquilidade aos palmassolenses e visitantes”, comentou satisfeito Domingos.  

 

Videomonitoramento controlado pela PM

Conforme explica o cabo e comandante da Polícia Militar de Palma Sola, Vanderlei Silva, o sistema repassa imagens em tempo real. “Esse projeto implantado em uma parceria com a Prefeitura e o Estado é fantástico, pois aumenta a sensação de segurança, é como se tivéssemos uma equipe a mais trabalhando na rua”, explica. As filmagens do sistema gravam 24 horas por dia e podem ficar armazenadas por mais de 30 dias.

Para o policial o diferencial é que as câmeras podem ser programadas, e funcionam conforme os policias querem. “Posso focar, e conseguir visualizar muito bem a noite também através do contraste. Conseguimos identificar placas de veículos até 200 metros e pessoas e objetos maiores até 500 metros”, destaca o comandante da PM.

As câmeras de videomonitoramento são cadastradas e têm o mesmo poder de visão de um policial, pois são controladas pela PM. “As câmeras em si não podem autuar, no entanto o policial que está acompanhamento o sistema pode. É como se o policial estivesse fiscalizando na rua e visse alguma infração sendo cometida. Ele pode tomar providência e fazer o procedimento de autuação”, finaliza.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »