12/02/2016 às 10h14min - Atualizada em 12/02/2016 às 10h14min

Ramalho é o novo comandante de Palma Sola

Com menos de dois anos no município Sargento Lohmann foi transferido para São Lourenço do Oeste

Palma Sola
ASO/Analiza Vissotto

No entardecer de quinta-feira, dia 4, ocorreu no Corpo de Bombeiros, de Palma Sola, a passagem de comando da guarnição, promoção de bombeiros militares e comunitários, e homenagem a primeira diretoria da Associação de Bombeiros Comunitários. O sargento Neodir Geovani Lohmann saiu do comando de Palma Sola para servir, em São Lourenço do Oeste, e passou o comando ao sargento João Carlos Ramalho.

Segundo Neodir, que ficou em Palma Sola menos de dois anos, o motivo da sua transferência é acompanhar a esposa e policial civil Evely Karla Gnoatto Gonçalves que foi promovida e deverá assumir a delegacia da mulher em São Lourenço do Oeste.

Esteve presente no ato os comandantes; tenente Nolan Rafael Volkweis; prefeito de Palma Sola, Domingos Locatelli; prefeita de Flor da Serra do Sul, Lucinda da Rosa; prefeito de Anchieta, Ari Prestes de Oliveira; familiares dos bombeiros e população em geral.

Também foi realizado na ocasião o recebimento oficial de equipamentos doados pelo Ministério Público, por intermédio do Corpo de Bombeiros, Prefeitura Municipal e da Procuradoria Jurídica. A aquisição de equipamentos recebeu um investimento de pouco mais de R$ 24 mil, sendo os itens: desfibrilador externo automático, botas especiais e equipamentos individuais de aproximação e combate a incêndios, máscaras e óculos de proteção para incêndios florestais.

O comandante Lohmann que deixou a corporação de Palma Sola agradeceu o período que passou no município. “Tive a oportunidade de conviver com pessoas maravilhosas e preocupadas com o bem estar e segurança da sociedade. Agradeço a todos pela compreensão e auxilio que sempre nos foi dado”, declarou o comandante Lohmann se despedindo. 

 

Novo comandante – O 2º Sargento João Carlos Ramalho é filho de Francisco Ramalho e Jureci, nascido dia 14 de julho de 1966, em Santo Antônio do Sudoeste-PR. É casado com Clari Cordeiro e tem dois filhos: Marco e Renata. Incluiu-se no Corpo de Bombeiros em 1986 em Lages e formou-se soldado em Curitibanos no mesmo ano. Trabalhou nas cidades de Dionísio Cerqueira, Blumenau, São Miguel do Oeste, São Lourenço, Cunha Porã e Palma Sola onde assumiu o comando em 8 de novembro de 2011 até 2 de julho de 2012 retornando ao município em 2016. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »