06/09/2017 às 10h07min - Atualizada em 06/09/2017 às 10h07min

Mulher fica quase 13 minutos sem respirar

A equipe do hospital Palma Sola recebeu na tarde do dia 4 de setembro dona, Maria Marluz Barata Costa, de 52 anos, que estava apresentando parada cardiorrespiratória. Ela foi conduzida até o hospital pela equipe do Corpo de Bombeiros de Palma Sola, segundo informações dos bombeiros a dona Maria estava a caminho do trabalho quando teve um mau súbito e caiu na rua, próximo a casa de um bombeiro. Foram prestados os primeiros socorros e a conduziram até o hospital.

“Ela chegou apresentando parada cardiorrespiratória. A equipe do hospital fez a desfibrilação e a compressão torácica foi feita por um bombeiro. Ela foi entubada pelo doutor Juarez e após a terceira desfibrilação (choque) ela apresentou pulsação” explicou a enfermeira Fernanda Dias que foi quem recebeu a palmassolense Maria Marluz Costa.

A equipe do hospital estima que o tempo que Maria Marluz ficou sem respirar foi de 10 a no máximo 13 minutos. Depois do quadro clínico ser estabilizado foi acionada a equipe do SAMU que a conduziu até o hospital regional em São Miguel do Oeste. Nestes casos há riscos de sequelas, uma vez que o cérebro ficou muito tempo sem receber oxigênio.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »