18/09/2020 às 09h09min - Atualizada em 18/09/2020 às 09h09min

Siena: o sedan que é bem valorizado na Tabela Fipe

Da redação / Carta do leitor
Quem deseja comprar ou vender um carro precisa sempre se basear no valor médio do veículo apresentado na tabela Fipe – e isto vale para quem deseja também comprar um Siena. Esta tabela calcula os valores a partir de uma base de dados que tem como fundamento o ano de fabricação e modelo e é fruto de um realizado e publicado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que dá o nome à tabela, e é atualizado mensalmente.
 
A tabela apresenta os valores dos carros novos e seminovos que são vendidos nas concessionárias e revendas de todo Brasil. Algumas categorias de veículos não fazem parte desta lista como as ambulâncias, carros blindados e aqueles automóveis que sofreram algum tipo de adaptação fora da fábrica. Na hora de comprar carros ou vender para as lojas a tabela Fipe é praticada para a negociação do valor do veículo. Os valores que são informados pela tabela também são utilizados para os cálculos de impostos como o IPVA e do seguro dos veículos pelas empresas do ramo. Por isso, se você está interessado em comprar um sedan seminovo ou usado e ele é um Fiat Siena, fique por dentro de algumas curiosidades para fazer sua pesquisa!
 

Histórico da marca
O Fiat Siena era um carro compacto produzido pela fabricante italiana Fiat desde 1996. É a versão sedã de quatro portas do Fiat Palio, um carro menor, projetado especialmente para países em desenvolvimento como o Brasil. Na época, foi introduzido pela primeira vez na América do Sul e foi produzido em vários países do mundo.  Posteriormente, em 2002, um carro semelhante baseado na mesma plataforma foi desenvolvido para o mercado europeu, o Fiat Albea. Substituiu o Siena nestes mercados europeus, como a Polônia, onde seu modelo original era anteriormente vendido.
 
 
Segunda geração: Grand Siena
Em 2012, a Fiat lançou a segunda geração do sedan, chamada Fiat Grand Siena. O Siena foi um dos carros mais procurados do Brasil, vendendo mais de 800.000 unidades ao longo de 14 anos de presença e até hoje muito bem comercializado em todo o país; sua versão 2020 é robusta e extremamente bem aceita no mercado nacional, o que garante excelente condições de negociação para venda e revenda, especialmente para quem sempre quer manter o seu padrão de carro e de valores, antenados com a Tabela Fipe. A produção do Grand Siena, sua segunda geração, começou em 2012, inicialmente na fábrica de Betim, em Minas Gerais. O Grand Siena é comercializado na América do Sul e no México. o modelo 2020, só é vendido no Brasil com algumas modificações: é oferecido com dois motores, um 1.0 de 75 cv e 1.4 de 88 cv, em ambos os casos com caixa manual de cinco marchas.
 
 
 
Como o preço do Siena é calculado na Tabela Fipe
A tabela Fipe é calculada através de uma pesquisa de preço médio praticados pelos anunciantes, excluindo as margens, àqueles preços muito abaixo ou acima do valor de mercado por um Siena usada. Esta pesquisa é realizada em 24 estados da federação, a partir de mais de 120 mil cotações feitas pelos agentes da fundação. A Fundação desenvolve esta pesquisa com o intuito de nortear os consumidores dos preços praticados pelos vendedores em todo o país. A tabela é concebia a partir da análise dos valores que são vendidos os carros, motos e caminhões em todo o Brasil. São excluídos os valores que fogem as médias, tanto os valores praticados muito acima quanto muito abaixo das médias encontradas no mercado. Os índices da tabela são criados a partir de valores reais praticados pelas lojas de revenda e concessionárias de veículos. Mas alguns fatores não são levados em conta ao realizar a análise, como as cores dos veículos, estado de conservação e os kits de itens opcionais que são instalados nas lojas. Fatores estes que acabam alterando os preços de compra e venda dos veículos como o Siena na sua realização final, dentro da loja.
 
 
Porque avaliar seu Siena pela tabela Fipe?
No caso da contratação de um seguro para automóvel, a tabela Fipe é utilizada por todas as seguradoras de veículos que atuam no mercado brasileiro. Por isso, na contratação do seguro do automóvel é importante verificar a cláusula de valor do seu Siena que está assegurado pelo valor da tabela Fipe. Esta tabela representa uma tradução média do mercado, que deixa o cliente resguardado em caso de perda do bem assegurado. Na compra e venda de um Siena usado, a tabela Fipe é a referência do valor praticado no mercado para a marca, modelo e ano de fabricação. É uma média de valores, desconsiderando qualquer um dos opcionais que não sejam do modelo de fábrica. É a maneira que foi encontrada para criar uma média de preço e não precisar fazer uma avaliação individual de cada veículo.
 
Quando você vai vender o carro, poucas vezes atingirá o valor que está sendo praticado na tabela Fipe, mesmo que ele tenha opcionais que na teoria, ultrapassariam o valor médio. Quando vai comprar carro, principalmente se for zero quilômetro, ele sempre é vendido por preços acima da tabela Fipe, justificados pela série de opcionais de fábrica, que não constam na tabela. Esta realidade do mercado que desperta tanta confusão sobre a tabela Fipe. São desconsiderados para a análise de preços cor, desgaste do veículo e itens de série. Estes fatores são todos levados em conta no momento em que se compra ou vendo um carro dentro de uma revenda ou concessionária, pois são os pontos que deixam o veículo mais caro ou mais barato que a tabela Fipe na negociação final.
 
A tabela não leva em consideração desgastes maiores ou menores que o carro possa ter sofrido, não leva em consideração os opcionais que agregam valor, e por isso causa essa relação de amor e ódio entre os clientes. Por isso, esteja sempre atento e entenda que a esta tabela é uma referência!
 
 
Gostou destas dicas sobre a compra de um Siena seminovo ou usado, ou sobre como vender o seu carro estando por dentro das cotações da Tabela Fipe? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais!
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »