21/10/2020 às 08h25min - Atualizada em 21/10/2020 às 08h25min

Sem aulas, estagiária investe em doceria

Larissa Suffredini estava desempregada, quando começou a investir na sua própria empresa: Sophia Doces/Sushi

Larissa Dias
Da redação
 Cozinhar é um ato de amor, muito maior do que se possa imaginar. E, quando preparado para outra pessoa, esse sentimento fica ainda mais aflorado no sabor dos pratos. O melhor de tudo é que essa sensação afável de atenção e carinho acaba sendo recíproca: tanto para quem serve, como para quem come; a culinária traz um bem-estar único e motivador. Pensando nisso, respaldamos a reviravolta que a palmassolense Larissa Suffredini, de 27 anos, enfrentou neste ano, onde esteve desempregada e passou a investir na sua própria doceria.
“Trabalho com o chocolate desde os 15 anos e sempre gostei muito dessa parte. Aprendi a fazer trufas com uma tia, mas para ter uma renda, comecei a fazer sozinha e a vender. Quando engravidei da minha pequena, Sophia, preparei todos os docinhos do batizado e primeiro aniversário, e foi ai que comecei a fazer cursos de doces finos e me aprimorar. Após isso, comecei a atuar na área da pedagogia, onde deixei de lado os doces”, esclarece.
Larissa afirma que foi surpreendida pela pandemia e precisou recorrer a um meio que sabia que daria certo. “Acabei ficando desempregada, e como sempre gostei de cozinhar, fui atrás de estudar e aprender coisas novas e que não são encontradas no município, apenas em centros maiores. Continuei com os doces finos e as trufas, só adicionei a criação de pão de mel, geleias de frutas, cestas de café da manhã, picolés gourmet, queijo libanês e sushi”, continua.
 
Criação da sua própria empresa
Com o auxílio e apoio da família, a palmassolense deu início a criação da sua própria empresa: Sophia Doces/Sushi. “A demanda está alta. Por enquanto, estou conseguindo suprir, mas quando retornar as aulas, pretendo conciliar as duas coisas. Aqui em casa, trabalhamos em família e incluímos um espaço com cozinha equipada, só para fazermos os doces. Há anos, trabalhamos com ovos de páscoa, trufados e de colher; incluímos mais esses produtos caseiros e pretendemos ir ampliando conforme os anos e datas comemorativas”, frisa.
 
Preços e produtos
Os produtos são comercializados com preços especiais e diferenciados: trufas custam R$ 1,50; pão de mel R$ 2,50; queijo libanês e geleias de pimenta com maçã custam R$ 12; outras variedades de geleias R$ 15; picolés de água e de refrigerante custam R$ 3 e os cremosos, com leite e frutas, R$ 4. As cestas de café da manhã normais, sem flores, custam R$ 60 e com flores, R$ 70.
Sendo novidade não só para Larissa, mas também para o município, os sushis variam de R$ 4 a R$ 35. “Nos últimos dias, fiz um curso sobre a confecção de sushis. Irei atender apenas delivery, de sexta e sábado, das 18h às 22h. Teremos desde combos a pequenas unidades”, explica.  
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »