04/11/2020 às 05h24min - Atualizada em 04/11/2020 às 05h24min

Palma Sola recebe consultório de Coaching

Há mais de 30 dias, a palmassolense Luziane Goetz inaugurou o seu consultório de Coaching Integral Sistêmico

Larissa Dias
Da redação
Após 16 anos trabalhando como vendedora, a palmassolense Luziane Goetz, de 36 anos, acabou de investir numa nova área de trabalho, que é novidade para o município. Com meses de estudo, através da escola Febracis, Luzi inaugurou o seu consultório de Coaching Integral Sistêmico. “Já vinha atendendo na minha casa, mas há 30 dias passei a atender no meu consultório, localizado em frente ao Supermecado Alfa”, destaca.
Segundo conta, os atendimentos são realizados de segunda à sábado de manhã, geralmente, das 9h às 19h e duram cerca de uma hora. No momento, são trabalhadas consultas individuais e em grupo fechado, de cinco a 10 pessoas. Após a primeira consulta, os reencontros são realizados de 15 a 15 dias, com duração de uma hora. “Para agendar basta entrar em contato comigo, seja pelo número (49) 99191-7195 ou pelas redes sociais”, acrescenta enfatizando que mesmo com a pandemia, a demanda e procura está alta, também por ser novidade para todos.
“Eu costumo brincar e dizer que as pessoas dão valor a muitas coisas, mas quando é para si, envolvendo conteúdos como o autoconhecimento, dão um passo para traz, deixando em segundo plano, ainda mais quando é pago”, brinca. “Para o atendimento em grupo, a indicação é que ele seja fechado. Já recebi alguns pedidos para essa consulta, e indiquei que a pessoa convidasse quatro ou mais interessados, que sejam de sua afinidade, podendo ser grupo de trabalho, amigos ou família. Além disso, o atendimento de casais, com ênfase no relacionamento, é individual e após duas consultas ou mais, os dois retornam juntos, se não, é separado”, esclarece.
 
Consultas e mudanças
Luzi comenta que as consultas não possuem restrição de idade, com o tanto que o interessado tenha como objetivo alcançar a mudança. Num primeiro momento, são pedidos 10 consultas e conforme os reencontros, são visualizados os avanços. “Já tenho clientes que a partir da quarta já evoluíram muito, pois você consegue ver os resultados rápido. Vejo que tem poder quem age e tem mais ainda que age na velocidade certa. As mudanças acontecem, desde que a gente queira”, continua.
“Além da consulta, o cliente passa a trabalhar a mudança no dia a dia, pois me encontro com ele apenas de 15 em 15 dias. Começamos com a mudança de hábito, onde cito livros e exercícios dinâmicos, e todos os dias há algo para fazer. São como atividades diárias. O Coaching trabalha muito na mudança de crenças e padrões, por isso, na primeira consulta, começamos com uma anamnese, onde entendemos o que está impedindo o crescimento individual e conforme o resultado, temos o exercício para se concluir. Os hábitos mudam quando fizemos exercícios diariamente”, frisa.
Luziane enfatiza que se os resultados estão demorando para serem apresentados, é porque algo está errado e o cliente ainda não tomou a decisão de mudar. “Você precisa estar disposto a mudança e ela nem sempre será confortável, porque para mudar é preciso sair da zona de conforto. Por isso que muitos não conseguem alcançar seus objetivos e até mesmo deixam de sonhar, pois os sonhos custam caro e nem todo mundo quer pagar o preço necessário. O sistema não é engessado. É trabalhado com foco nas ferramentas demandadas pela Febracis, que são estudadas e trabalhas pelo Paulo Vieira, presidente da entidade”, explica.
“Se é visto, após a anamnese do cliente, que das 11 áreas da vida a mais desgastada é o relacionamento, será trabalhado com foco nele, porque não é só a área conjugal que é afetada, mas também a financeira, a profissional, a emocional e outras, inclusive a saúde. Uma área está ligada a outra. As ferramentas nem sempre são iguais, por isso, todos possuem um tipo de exercício para concluir. Até o momento, já visualizei muitos resultados maravilhosos e estou extremamente feliz”, finaliza.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »