18/11/2020 às 10h19min - Atualizada em 18/11/2020 às 10h19min

Cenas de filme serão gravadas em Anchieta

O longa de aproximadamente três horas contará a história do Barão Hirsch, considerado o Moisés das Américas

Larissa Dias
Da redação
Na última semana, os presidentes da Associação Comercial e Industrial (ACISA) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), de Anchieta, Eduardo Scholtze e Fábio do Amaral, entregaram um cheque no valor de R$ 300 como patrício a Associação Anchietense de Turismo (ANCHIETUR), a qual fortaleceu uma parceria com a Companhia Brasileira de Cinema e disponibilizou seu espaço para a gravação de um trecho do filme “Barão Hirsch – O Judeu de Quatro Irmãos”, que será rodado no ano que vem.
O longa-metragem terá aproximadamente três horas e contará a história do Barão Hirsch, que além de dar nome a película é considerado o Moisés das Américas, responsável por salvar milhares de judeus oriundos de todo o leste europeu no século passado. O projeto para a produção é totalmente independente, não dispondo de qualquer recurso público ou lei de incentivo, mas conta com o apoio de patrocinadores locais e de famílias de judeus. O intuito dos organizadores é continuar com a reprodução assim que a pandemia cessar. A Anchietur, como uma das parceiras, lançará o edital de seleção para dois participantes como figurantes.
 
Release e elenco
“Barão Hirsch” será filmado em Erechim e em Quatro Irmãos, no Rio Grande do Sul, conhecida como a capital brasileira dos judeus. E ainda, algumas cenas serão gravadas em Anchieta, como a história de Abraão e Isaque, em torno de 3700 anos A.C. O longa tem direção do gaúcho Osnei de Lima, do premiado filme “Tributo a Tim Lopes” e “O Casamento de Jacutinga”. “Estamos vivendo em um mundo cheio de guerras e crises políticas internas. Acredito que uma história de amor e união, envolvendo uma terra santa e tão conhecida por conflitos, seja o que estamos precisando nesse momento”, comenta.
A exibição contará com mais de mil pessoas no elenco e figuração, e deverá ter sua pré-estreia em solo israelense, a fim de homenagear as pessoas que conheceram e conhecem a trajetória de Maurice Von Hirsch. Já existem dois convites para o filme ser lançado nos Estados Unidos. A empresa brasileira “HStern”, uma das marcas mais conceituadas do mundo na fabricação de joias, produziu um item especial que será usado no filme. O projeto será rodado em nove países do Leste Europeu, em todos os arredores da Rússia, de onde vieram os imigrantes judeus no século passado.
O elenco escalado para participar contará com nomes conhecidos do público: Reinaldo Gonzaga (de Senhora do Destino), dono de uma das mais belas vozes do país e que interpretará "Barão Hirsch. Uma das grandes estreias ficará a cargo de Daniela Albuquerque, apresentadora da RedeTV, em seu primeiro papel cinematográfico.
Além disso, Narjara Turetta (de O outro lado do Paraíso), Giuseppe Oristanio (de Os Dez Mandamentos), Anselmo Vasconcelos (de Zorra), Alcione Mazzeo (de Topíssima), Patrícia Vilela (de Malhação), Pedro Pauleey (de Boogie oogie) e Grande Otelo Filho também estão entre os nomes. Além da participação do cantor Dalvan, o longa terá a trilha sonora de Sérgio Lopes, uma das mais lindas vozes da música gospel na América Latina. A participação especial é de Andor Stern, de 93 anos, único brasileiro sobrevivente de Auschwitz, e que tem na memória a dor e o sofrimento marcados para sempre.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »