10/12/2020 às 08h38min - Atualizada em 10/12/2020 às 08h38min

Polícia Militar Ambiental apreende madeira nativa sem procedência legal e ameaçada de extinção em São José do Cedro

No início desta semana, a Polícia Militar Ambiental de São Miguel do Oeste apreendeu uma madeira nativa, possivelmente da Argentina

Da redação com informações da PMA
No início desta semana, a Polícia Militar Ambiental de São Miguel do Oeste apreendeu uma madeira nativa, possivelmente da Argentina, sem procedência legal e ameaçada de extinção, no interior de São José do Cedro.
O Órgão tem realizada fiscalização constante na área de fronteira entre o Brasil e a Argentina, pois os recursos naturais estão interligados. O uso de drones facilita a fiscalização, identificação e mapeamento de locais usados para o transporte ilegal de madeira nativa e de outros ilícitos ambientais nesta faixa de fronteira.
A polícia flagrou o depósito irregular de mais 15 toras de madeira nativa da espécie conhecida como canela preta, que se encontra classificada como vulnerável na lista de espécies ameaçadas de extinção. A madeira foi apreendida e lavrado o respectivo Auto de Infração Ambiental. O responsável responderá a processo administrativo ambiental e processo criminal.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »