05/01/2021 às 09h59min - Atualizada em 05/01/2021 às 09h59min

“Iniciaremos com quatro secretários”

A afirmação é do prefeito eleito de Flor da Serra do Sul, Valmor Felipe Júnior: Éder Dal Magro, Chiquiho Bleisch, Solange Rombaldi e Valdinei Batisti

Da redação
No dia 12 de dezembro, o prefeito eleito de Flor da Serra do Sul e a vice-prefeita Luci Zanella Rolin definiram oficialmente quem fará parte do primeiro escalão. Na secretaria de Administração o empresário Éder Dal Magro, na secretaria de Obras Valdir Valério Bleisch, popular Chiquinho, na secretaria de Educação a professora e pedagoga Solange Rombaldi e na secretaria de Saúde o barraconense Valdinei Battisti.
A nomeação de apenas quatro secretários para início de mandado corrobora com o dito em campanha por Júnior: “Trabalhar para se eleger, sem compromisso com ninguém”. Passada a eleição Júnior está ouvindo a população e os profissionais envolvidos nas respectivas pastas. “Procurei ouvir todos os servidores que trabalham na educação e na secretaria de Saúde. Na Saúde apontaram dois nomes do município, o Vanico e a Marla [Jovani Cenatti e Marla Battisti]. Conversei com os dois, mas ambos já têm seus compromissos e não aceitaram o convite”, explica.
Integrantes da a equipe de coordenação da campanha sugeriram o nome do atual secretário de Saúde de Barracão, Valdinei Batisti, que há seis anos ocupa a pasta. “Durante a pandemia do coronavírus não podemos arriscar com alguém que não tenha experiência. Este não é o momento de ensinar alguém na área da Saúde”, conclui Júnior.
Nomes para ocupar outras secretarias são sondados e analisados minuciosamente. Ainda no primeiro trimestre de 2021, deve ser apresentado o próximo secretário de Agricultura. “Nos primeiros meses também devemos nomear diretor de Esportes e diretor de Meio Ambiente. Na Indústria e Comércio também pretendo trabalhar com um diretor de departamento, mas não é fácil até pela questão do salário que é baixo [R$ 2.600], pra trazer alguém no comércio pra tocar esta pasta”, explica o prefeito.
O salário de secretário em Flor da Serra do Sul é de R$ 4.600,00. Ainda em campanha Júnior foi enfático sobre a necessidade de economizar em algumas áreas, fazer a fusão de algumas secretarias e assim ter recursos para investir em outras áreas, como a construção de um parque de máquinas e nos incentivos para empresas do município ampliarem seus negócios, bem como trazer outras empresas para Flor da Serra.
Enquanto persistir a pandemia não há previsão de contratar um secretário de Esportes. No CRAS será nomeada Téya Girardi como diretora de departamento. O prefeito eleito reforça que assim como em campanha não tinha compromisso de cargo com ninguém, esclareceu a todos os futuros secretários que não há compromisso em mantê-los por quatro anos, mas há compromisso que cada um dê resultado em sua respectiva pasta. “No início de mandato peço à população que tenha um pouco de paciência, compreensão deste início. Nos deem margem para trabalhar, e aqueles que não trabalharem serão trocados”, finaliza o eleito aos 38 anos de idade.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »