25/01/2021 às 19h49min - Atualizada em 25/01/2021 às 19h49min

Parceria deve gerar 20 empregos diretos

Segunda-feira inicia transporte de trabalhadores de Flor da Serra do Sul para a Fibroplast em Palma Sola. Ônibus é custeado pela prefeitura

Igor Vissotto
Na última quarta-feira, dia 20, treze sulflorense foram selecionados para começar a trabalhar na indústria de peças e acessórios para caminhões de Palma Sola, a Fibroplast do Brasil. Estes empregos foram gerados após parceria entre a prefeitura municipal e a Fibroplast. O prefeito Valmor Felipe Junior procurou o empresário Luiz Henrique Crestani falando sobre a necessidade de gerar emprego para os sulflorense e colocando um ônibus a disposição para o transporte de funcionários.
A Fibroplast vem crescendo ano a ano e a demanda é constante. O acordado são 20 vagas até o próximo mês, 10 para início imediato. Os interessados se inscreveram na própria prefeitura municipal, ao todo foram 71. No dia 20 o departamento de Recursos Humanos da Fibroplast foi até a prefeitura municipal de Flor da Serra do Sul e fez a avaliação e entrevista dos candidatos, inicialmente selecionaram 13 pessoas.
Estas pessoas começam a trabalha na segunda-feira, dia 25. O roteiro do ônibus custeado pela prefeitura ainda está sendo definido. “Ficamos muito contentes em já no início do nosso mandato firmar esta parceria e gerar estes empregos. Agradeço e parabenizo o jovem Luiz Henrique pelo empreendedorismo e postura profissional. Em breve teremos mais emprego para o sulflorense” destaca o prefeito Valmor Felipe Junior.
 
Fibroplast
A Fibroplast do Brasil é uma indústria de peças e acessórios para caminhões. Produz peças de fibra e plástico termoformado, e aço para o mercado automotivo pesado. A empresa foi fundada em 2012 por Luiz Henrique Crestani, filho do empresário e ex-prefeito de Palma Sola, Claudiomar Crestani. Atualmente o quadro de funcionários é de aproximadamente 200 pessoas. Com a demanda dos últimos meses e a falta de mão de obra a empresa foi obrigada a fechar turnos de trabalho, a exemplo do setor de metalúrgica. “Atualmente a demanda de venda exige aumento de 50% no quadro de hoje. Mas não é fácil encontrar e treinar pessoas. De cada 10 contratados, apenas 4 permanecem na empresa depois de 3 meses (período de experiência)” conta Crestani.
A Fibroplast contratou 30 novos funcionários só neste mês de janeiro de 2021, pretende contratar mais 20 até o final de fevereiro. Neste momento está com vagas em aberto. Confira o quadro de vagas:
Operador de robô R$ 1.400.00;
Auxiliar de produção R$ 1.050,00;
Pintor com experiência R$ 1.325,00;
Modelista com experiência R$ 3.000,00;
Técnico em segurança R$ 1.400,00;
Designer - R$ 2.000,00;
Metalúrgico - R$ 1.400,00;
Todos os funcionários ainda recebem cesta básica, insalubridade e adicional noturno, quando for o caso. Horas extras podem significar um adicional de R$ 500 por mês, com o cumprimento de metas.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »