01/03/2021 às 16h58min - Atualizada em 01/03/2021 às 16h58min

Quatro regiões de SC têm UTIs adulto lotadas para pacientes com Covid; 5 leitos estão vagos no Estado

De acordo com os dados, Grande Oeste, Meio Oeste e Serra, Sul e Foz do Rio Itajaí Açu eram as quatro regiões que apresentavam 100% de ocupação das vagas destinadas a adultos com Covid-19 em terapia intensiva

Com informações do NSC Total
Santa Catarina tem quatro das sete regiões com 100% de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com Covid-19. Os dados foram atualizados no fim da manhã desta segunda-feira, 1, no painel de leitos do governo de SC. Em todo o Estado, havia apenas cinco leitos vagos entre os 803 destinados a casos de complicações pelo novo coronavírus.
De acordo com os dados, Grande Oeste, Meio Oeste e Serra, Sul e Foz do Rio Itajaí Açu eram as quatro regiões que apresentavam 100% de ocupação das vagas destinadas a adultos com Covid-19 em terapia intensiva.
Outras duas regiões também estavam à beira da lotação, com 99,2% de ocupação e apenas um leito disponível em cada localidade: Grande Florianópolis e Vale do Itajaí. O Norte de SC tinha o menor percentual, com 97,8% de ocupação – mesmo assim, eram apenas três leitos disponíveis ao final da manhã desta segunda.
Os reflexos da situação nessas regiões já vêm sendo sentidos pelos catarinenses nos últimos dias. Em Itapema, por exemplo, que faz parte da região da Foz do Rio Itajaí no mapa do Estado, uma técnica de enfermagem que atuava na linha de frente dos casos de Covid-19 morreu enquanto estava na fila de espera por uma vaga de UTI. Zeni Bueno Pereira tinha 53 anos e deixou dois filhos.
Em Xanxerê, que integra a região da Grande Oeste, seis pacientes com Covid-19 morreram enquanto esperavam por leitos de UTI desde a última quarta-feira (24). O caso mais recente é o de um homem de 63 anos que estava internado no Hospital São Paulo.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »