29/05/2021 às 10h11min - Atualizada em 29/05/2021 às 10h11min

A literatura infantil e projetos de leitura

A Secretaria de Educação de Campo Erê sabendo da importância da literatura no desenvolvimento das crianças, promoveu uma série de projetos de leitura com a educação infantil

Da redação
Divulgação: Foi promovida no Beija-flor Clube de Campo uma contação de histórias com narrativas circenses, personagens do circo auxiliaram na execução do projeto
A assessora da Secretaria de Educação, Marieli Bernardi, explica a importância de trabalhar a literatura com as crianças, antes mesmo de elas se entenderem por gente. A literatura infantil não se refere somente ao ato de ler, a criança quando pequena faz uma leitura visual de qualquer livro que ela manusear, construindo uma história a partir daquilo que ela vê. Ouvindo a história a criança imagina e constrói uma narrativa partir da leitura auditiva.
Os primeiros contatos com a leitura são de extrema importância para o desenvolvimento social e intelectual dos pequenos. As crianças estão sempre em constante evolução de conhecimento, todas as novidades trazidas a elas são assimiladas muito rápido, elas aceitam facilmente o que é oferecido. “Os pequenos precisam muito mais de um contato físico do que crianças maiores, não que o ensino fundamental não tenha essa necessidade, mas a criança na sua construção intelectual e social necessita muito mais desse estar perto, do pegar e do sentir para que através desde contato com o objeto ou figura apresentada, a criança construa aquilo que é concreto” acrescenta Marieli Bernardi, assessora da Secretaria de Educação.
 
Projetos de leitura
A Secretaria de Educação de Campo Erê, através da coordenadora pedagógica Ana Paula do Prado, promoveu diversos projetos de leitura com as crianças, inicialmente foi realizada no Beija-flor Clube de Campo uma contação de histórias com narrativas circenses. As crianças participaram da Trilha da Leitura, “uma das diretoras, recebeu as crianças, com pernas de pau, coisa que elas nunca tinham visto” diz Marieli. Todo o trabalho desenvolvido dentro da trilha foi voltado para narrativas circenses, até mesmo algumas pessoas do circo que está parado na cidade participaram do projeto.
Na escola de ensino fundamental e médio Garrastazu Médici, também foi feita uma narrativa em forma de teatro para contar a história: A moça tecelã; de Marina Colasanti. “Depois de praticamente um ano parados este foi um momento importante. Esse alunos do ensino médio estavam longe de toda essa parte criativa, do olhar crítico sobre as coisas. Foi um momento em que despertamos atenção até dos grandes, já que a literatura é importante para eles também” conclui Marieli.
 
Ônibus da leitura
O ônibus da leitura será reativado, ele é uma biblioteca ambulante. Marieli explica que esse é um projeto que ocorreu entre 2013 e 2016. “Agora nós da Secretaria de Educação junto da prefeita Rozane Moreira estamos reativando o ônibus da leitura”, explica a assessora.
No momento o ônibus está passando por reformas e reparos pois ficou muito tempo parado e acabou sofrendo alguns danos pela falta de uso. Esse veículo não vai ficar parado no mesmo lugar, ele transitará entre as escolas do município.
“Quero finalizar dizendo que a Secretaria de Educação está sempre de portas abertas, qualquer dúvida, as pessoas podem nos procurar. Todos os projetos que a Secretaria está promovendo com certeza são conquistas que a gente vai tendo ao longo da nossa caminhada” termina a assessora Marieli.


Receba as notícias do Portal Sentinela do Oeste no seu telefone celular! Faça parte do nosso grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/Bzw88xzR5FYAnE8QTacBc0
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »