03/06/2016 às 15h38min - Atualizada em 03/06/2016 às 15h38min

Palmassolense disputará título mundial na Argentina

O pequeno Gil Geimes Dean de Abreu tem 10 anos e é uma promessa nas artes marciais

Nascido em Palma Sola em 22 de fevereiro de 2006, agora com apenas 10 anos, Gil Geimes Dean de Abreu é uma das grandes promessas de Artes Marciais do Sul do país. O pai, Gilberto de Abreu é o maior incentivador e companheiro. Ele conta que o filho luta karatê desde os quatro anos de idade e foi quando passou a ter amor pelas artes marciais.

O pai que trabalha como pedreiro há pelo menos 10 anos sempre o acompanha nos treinos e também nas competições. A família morou em Palma Sola anos atrás, mas há três reside em Dionísio Cerqueira.

Gil, que é chamado pelos colegas e amigos de Campeão. Começou a treinar em Porto Alegre, no Centro de Treinamento FC Lutas, aos seis anos de idade. Gil ainda lembra-se do tempo que treinava o condicionamento físico, chutes em sacos de boxe e os pulos que dava sobre pneus.

Gil treina atualmente técnicas de: muay thai, jiu-jitsu, karatê, kung fu e boxe chinês. No dia 18 de maio recebeu um ofício do secretário de Educação e Esportes, de Palma Sola, Cleonir Pelisser, homenageando a criança pelos títulos, já recebidos, de campeão gaúcho, paranaense e campeão sul-americano.

O palmassolense representará o município e a região no Campeonato Mundial de Artes Marciais, que será disputado em Rosário – Argentina entre os dias 16 e 17 de julho. O pai agora busca recursos para levar o filho disputar Mundial na Argentina. “Estivemos em Palma Sola, passamos no comércio e fizemos um pedágio para arrecadar recursos”, comentou Gilberto.

Gilberto, que tem 38 anos, revela que também é instrutor do filho e que recentemente lançou o projeto social Formando um Vencedor. O pai de origem humilde estudou até a 4ª série. “Sou novo, mas judiado pela vida, já fumei muito e bebi”, lamenta Gilberto explicando que está separado há quatro anos mãe de Campeão. Desde então é responsável pelos três filhos, Gilberto, 16 anos, Gean 15 anos e Gil com 10 anos. “Meus filhos são tudo o que tenho e é neles que deposito minhas esperanças” diz o pai.

Depois da separação percebeu que para cuidar dos filhos teria que parar com os vícios de cigarro e bebida. Assim que parou, voltou a olhar para as artes marciais e incentivar ainda mais os filhos. O mais novo, Gil, é quem conquistou mais títulos, o título conquistado em San Antonio Misiones em 16 de abril garantiu a vaga para disputar o Mundial de Artes Marciais em Rosário na Argentina.

Também em abril, no dia 24, ficou campeão na 2ª Copa Mestre do Açaí disputada em Francisco Beltrão. “A luta durou apenas 10 segundos, venceu por finalização”, conta orgulhoso o pai Gilberto. O grande sonho do pequeno Gil é disputar o MMA/UFC, que hoje é o maior campeonato mundial de artes marciais.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »