23/09/2016 às 08h15min - Atualizada em 23/09/2016 às 08h15min

Moradores do Rampanelli receberam matrículas

Regularização foi realizada através do Programa Lar Legal

Divulgação

Através de uma parceria entre o município de Anchieta e a Associação para o Desenvolvimento Habitacional Sustentável de Santa Catarina (ADEHASC) foram entregues no dia 8, 32 matrículas para famílias anchietenses que residem no bairro Rampanelli. A regularização dos terrenos foi realizada depois de 15 meses de trabalho desenvolvidos pelo Programa Lar Legal, criado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina em parceria com a Secretaria de Estado e Assistência Social e Habitação, Ministério Público e Assembleia Legislativa do Estado.

Conforme o secretário de Desenvolvimento Local, Nelson Duarte, foi um dia importante e simbólico para estes moradores. “Há mais de 31 anos eles esperavam essa regularização dos lotes e a partir de agora poderão ter acesso a todos os benefícios, como linhas de crédito”, comentou Nelson.

O secretário explica ainda que essa flexibilização trazida pelo Programa Lar Legal foi o que possibilitou a regularização dos terrenos dos moradores. “Firmamos esse convênio e temos mais moradores interessados em regularizar seus lotes”, adianta Nelson. Atualmente 109 famílias estão no processo de protocolar o pedido de regularização junto ao Fórum de Anchieta, sendo eles moradores do bairro Xavantes, Santa Lúcia e São Paulo Alto.

O valor investido pelos moradores não ultrapassa os R$ 900 e pode ser dividido em até 20 vezes. “É muito acessível. Esse projeto traz dignidade e qualidade de vida para estes anchietenses”, finaliza.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »